Meteorologia

  • 25 JULHO 2021
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

"Não desejo ao inimigo". Recuperado da Covid teve de fazer transplante

João é o primeiro recuperado da Covid-19, em Portugal, que foi submetido a um transplante de pulmões.

"Não desejo ao inimigo". Recuperado da Covid teve de fazer transplante

João tem 60 anos, era saudável, fazia desporto diariamente e viu a sua vida mudar repentinamente. A culpada? A Covid-19. Este é o primeiro caso, em Portugal, de um recuperado que, perante as sequelas do SARS-CoV-2, teve de ser submetido a um transplante pulmonar bilateral. 

Em entrevista à TVI24, João, que defende sempre ter tido cuidados para se proteger do vírus, questiona-se: "Como é que isto me foi acontecer?". 

O vírus 'atirou' João para uma cama, primeiro no Hospital Amadora-Sinta, e depois para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde esteve em coma induzido durante semanas. "Só me puseram a dormir porque senão não me salvam. Não desejo nem ao maior inimigo", desabafa. 

O vírus tinha deixado os pulmões de João num estado de "destruição total que não permitia as trocas gasosas . Nestes doentes, o pulmão fica todo fibrosado, fruto de diversas agressões, inicialmente devido à resposta inflamatória por infeção por Covid", indica uma das médicas do Hospital de Santa Marta, onde a cirurgia foi realizada. 

O transplante bipulmonar era a única opção de salvação de João e foi viabilizado quando surgiu um dador compatível. "Foi a minha alegria", confessa, lamentando porém que alguém tenha de "morrer para outros tentarem sobreviver". 

Leia Também: AO MINUTO: Reforçada vigilância de estirpes; Vacinação indevida no Porto?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório