Meteorologia

  • 26 MAIO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 32º

'Piolho do pombo' encerrou enfermarias de uma ala do Hospital do Funchal

Os doentes do primeiro andar nascente do Hospital do Funchal tiveram de ser deslocados devido a uma praga do 'piolho do pombo' detetada naquele serviço, disse hoje fonte do Serviço Regional de Saúde da Madeira.

'Piolho do pombo' encerrou enfermarias de uma ala do Hospital do Funchal
Notícias ao Minuto

16:02 - 24/06/21 por Lusa

País Funchal

"A ausência de uma política ambiental que permita controlar a densidade populacional de pombos na cidade, leva a que o Hospital Nélio Mendonça tenha graves consequências perante esta situação, à semelhança de diversas áreas da cidade", adianta o SESARAM -- Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira -, numa nota enviada à agência Lusa.

Segundo a informação, regista-se "um evidente prejuízo no excesso de elementos que ocupam zonas protegidas, mas que foram danificadas" pelas aves.

"Esta situação gerou um problema de praga, para a qual foi dada a resposta prontamente com a desinfestação por parte de uma empresa especializada", acrescenta.

O SESARAM realça que depois de ter sido "detetado, no primeiro andar nascente" naquela unidade hospitalar, o problema da existência do "denominado 'piolho do pombo'", foi necessário proceder "à deslocalização dos utentes desta enfermaria".

A situação foi detetada na quarta-feira e foram feitas duas intervenções de desinfestação, estando a situação em fase de resolução.

Leia Também: Apoio português leva ballet clássico a crianças cabo-verdianas no Mindelo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório