Meteorologia

  • 02 AGOSTO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Portugueses que morreram em Antuérpia eram "trabalhadores e maravilhosos"

Portugueses trabalhavam na obra de uma escola que se desmoronou.

Portugueses que morreram em Antuérpia eram "trabalhadores e maravilhosos"

Após 27 horas de buscas, confirmou-se a terrível notícia. Os cinco desaparecidos no desabamento de uma escola primária que estava a ser construída em Antuérpia foram encontrados mortos, este domingo, pelas equipas de busca e salvamento belgas. Quatro tinham nacionalidade portuguesa e um era moldavo.

Horas depois da confirmação, ainda no domingo, o presidente da Câmara de Antuérpia revelou que os portugueses trabalhavam para uma construtora portuguesa, que foi subcontratada pela Goorden Bouw&Service, e encontravam-se a revestir as fachadas do edifício.

"Na altura altura do colapso estavam lá seis portugueses. Quatro estavam no andaime quando aconteceu a tragédia. Dois tinham saído do local por alguns minutos", contou aos jornalistas locais.

"Carlos, António e Cristiano eram muito trabalhadores e rapazes maravilhosos", disse ainda o autarca, sem revelar o nome da quarta vítima mortal portuguesa, que tem também nacionalidade moldava.

Tal como confirmou a secretária de Estado Berta Nunes à Lusa, de acordo com a imprensa local, há ainda um português internado num dos hospitais de Antuérpia. "Foi operado e, esta segunda-feira, vai deixar os Cuidados Intensivos e passar para a enfermaria", lê-se no site GVA.

Os restantes trabalhadores lusos já regressaram a Portugal.

Já de acordo com o jornal Região de Leiria, os três portugueses que morreram eram naturais da Benedita, uma freguesia de Alcobaça. Cristiano tinha 33 anos, Carlos 35 e António 57.

As outras duas vítimas mortais trabalhavam para outra empresa de construção. São Nicolae, de 38 anos, tinha dupla nacionalidade. Apesar de ser português nasceu em Basarabeasca, na Moldávia. Já Mihail, de 29 anos, era romeno de ascendência moldava.

Leia Também: Governo já está em contacto com famílias dos portugueses na Antuérpia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório