Meteorologia

  • 04 AGOSTO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Reeleição de Guterres é um "orgulho para todos os portugueses"

O primeiro-ministro português desejou felicidades a António Guterres, que toma hoje posse do segundo mandato na Organização das Nações Unidas (ONU).

Reeleição de Guterres é um "orgulho para todos os portugueses"

António Costa destacou, esta sexta-feira, a reeleição de António Guterres, que é sinónimo de "orgulho para todos os portugueses".

Na rede social Twitter, o primeiro-ministro português assinalou que a reeleição de Guterres "para o mais alto cargo internacional é um motivo de orgulho para todos os portugueses. Desejo-lhe as maiores felicidades e estou certo que António Guterres continuará a prestigiar Portugal". 

Na sua mensagem, António Costa assinalou as circunstâncias difíceis em que o secretário-geral das Nações Unidas exerceu o seu primeiro mandato, dizendo que "soube defender a ONU, através do poder da palavra e do exemplo".

Segundo o primeiro-ministro português, "estão agora reunidas as condições para um segundo mandato" de António Guterres "que poderá inaugurar uma nova era de esperança, com solidariedade e cooperação internacional".

"António Guterres é o homem certo no cargo certo, e contará, como sempre, com o apoio de Portugal, em especial na ação climática, na luta contra a pandemia, na defesa dos direitos humanos, no combate às desigualdades económicas e na construção de um mundo com mais diálogo e paz", acrescenta.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, presta hoje juramento e toma posse para um segundo mandato durante uma sessão plenária da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque.

Desta forma, a Assembleia Geral, onde o Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa fará também uma intervenção, aprova a recomendação do Conselho de Segurança, definida e adotada a 8 deste mês por unanimidade, para a recondução de António Guterres, numa sessão marcada para as 09h00 locais (14h00 em Lisboa).

Depois de a Assembleia Geral proceder à aprovação e confirmação formal da escolha, António Guterres vai tomar posse como secretário-geral pela segunda vez, para um mandato até final de 2026.

O final do segundo mandato assinalará 10 anos desde que António Guterres tomou posse como secretário-geral da ONU, em dezembro de 2016.

[Notícia atualizada às 11h35]

Leia Também: Guterres é hoje empossado para 2.º mandato à frente da ONU

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório