Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2021
Tempo
22º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Portugal reporta 707 novos contágios e mais 2 óbitos nas últimas 24 horas

Os dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS) mostram que os internamentos registaram uma subida.

Portugal reporta 707 novos contágios e mais 2 óbitos nas últimas 24 horas

Portugal registou 707 novos casos (o que corresponde a uma variação de 0,08%) e mais duas mortes (variação de 0,01%) em 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela DGS este domingo. Em termos acumulados, Portugal contabiliza 857.447 casos confirmados e 17.047 vítimas mortais. 

Mais 248 pessoas foram dadas como recuperadas da Covid-19, o que elevou o total de recuperados para 815.342. 

Após ter descido para menos de 25 mil, o número de casos ativos em solo nacional voltou a aumentar e a superar essa marca. Atualmente, há 25.058 casos ativos (mais 457). 

Os internamentos  também subiram. 325 pessoas com Covid-19 estão internadas nos hospitais (mais 25 do que ontem), e o número de pacientes nas unidades de cuidados intensivos registou um incremento para 82 ( mais cinco pacientes). 

Tal como tem acontecido nas semanas mais recentes, a região de Lisboa e Vale do Tejo impulsiona as novas infeções. Dos 707 casos notificados pela DGS, 450 foram detetados nesta região, onde foi reportada uma das vítimas mortais. 

Na região Norte verificaram-se mais 117 casos de contágio. No Centro foram diagnosticados 58 novos casos positivos. 

Mais a sul do país, o Algarve apresentou 36 casos de contaminação e uma morte. O Alentejo somou mais 16 casos diários. 

Nas regiões autónomas, os Açores registaram mais 27 infetados e a Madeira identificou apenas três novos contágios. 

[Notícia atualizada às 14h28]

Leia Também: AO MINUTO: Açores com imunização até "final de julho"; Deixar 'cair' AZ?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório