Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2021
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Filas em Monte Abraão vão durar "no mínimo uma semana"

O coordenador da Task Force explicou, esta quarta-feira, que as mudanças no plano de vacinação não podem ser implementadas de um dia para o outro e, por isso, os constrangimentos no centro de vacinação contra a Covid-19 de Monte Abraão vão demorar, no mínimo, uma semana até serem resolvidos.

Filas em Monte Abraão vão durar "no mínimo uma semana"

Os constrangimentos que têm sido reportados no centro de vacinação contra a Covid-19 em Monte Abraão, Sintra, nomeadamente as longas filas de espera, ainda vão demorar "no mínimo uma semana até serem corrigidos", anunciou, esta quarta-feira, o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo. 

De acordo com o coordenador da Task Force para o plano de vacinação, estes atrasos podem ser explicados pelo facto de ter sido encerrado um centro e aberto outro "sem tempo suficiente para haver alterações de médio prazo. Há pessoas pessoas que receberam SMS para o centro antigo e já estão aqui", indicou, em declarações aos jornalistas, de visita ao centro de Monte Abraão. 

Este prazo para a situação ser resolvida é justificado pelo facto de a Task Force fazer um planeamento para três semanas. "Eu não consigo alterar o planeamento para agir dois dias depois. A correção começa lenta, mas depois é estrutural. A correção estrutural não pode ser feita de um dia para o outro". 

O responsável reiterou que o processo de vacinação é "dinâmico" e é natural que apareçam "problemas que têm de ser resolvidos". Há, por exemplo, "regiões que avançam [no plano de vacinação] mais naturalmente do que outras e estas têm de andar a uma velocidade menor, aumentando-se a velocidade em regiões mais atrasadas, de forma a termos um processo mais equilibrado". 

O importante, sublinhou, "é que as vacinas que chegam, tirando as reservas estratégicas, sejam inoculadas para não perdermos oportunidade e esse processo macro está a correr bem". Ora, no entendimento do vice-almirante, "num processo macro, há pequenas coisas micro que falham. Não há nenhum processo perfeito. Se as pessoas estão à espera da perfeição num processo em que tenho de convocar 100 mil pessoas todos os dias, vai ser muito difícil, senão impossível. Haverá 10 ou 20 pessoas aborrecidas com o processo".

Recorde-se que o responsável pela vacinação visitou hoje o centro de Monte Abraão para tentar resolver as longas filas de espera que têm sido reportadas. 

Leia Também: Atrasos na vacinação em Monte Abraão? É "indesejável, não pode acontecer"

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório