Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 24º

Edição

Ano começou com natalidade a cair. Nunca tinham nascido tão poucos bebés

Número de nascimentos em janeiro e fevereiro foi o mais baixo desde que há registos.

Ano começou com natalidade a cair. Nunca tinham nascido tão poucos bebés

O número de nascimentos em janeiro e fevereiro foi o mais baixo desde que há registos, revelou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em janeiro e fevereiro deste ano nasceram, respetivamente, 5.912 e 5.651 crianças, menos 1 415
(-19,3%) e 708 (-11,1%) que nos mesmos  meses do ano anterior.

Estes são os valores mensais mais baixos desde, pelo menos, 1911, altura em dos primeiros registos do INE.

Já o número de óbitos registou o valor mensal mais alto desde o início da pandemia de Covid-19 em janeiro, com 19.634 mortes em Portugal. São mais 65% do que no mês de janeiro de 2020.

Destes, 5.785 foram óbitos associados ao novo coronavírus, ou seja, quase 30% da mortalidade desse mês foram relativas à Covid-19.

Em fevereiro, o número de óbitos foi ainda superior ao valor homólogo de 2020 (+28,7%), apesar da redução para para 12.716.

Neste mês, o número de óbitos associadas à Covid-19 foi de 3.594, o segundo mais elevado a seguir ao mês de janeiro.

Já em março e abril, a mortalidade diminuiu para valores pré-pandemia. Em março morreram 9.598 pessoas e em abril 8.386, valores abaixo dos registados nos mesmos meses de 2020.

O número de óbitos por Covid-19 nesses dois meses foi de 508 e 117, representando, respetivamente, 5,3% e 1,4% do total de óbitos.

Leia Também: Há mais trabalhadores na construção e menos no setor imobiliário

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório