Meteorologia

  • 18 JUNHO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Açores diz que novo Centro Multimeios "deixará de bombardear a imprensa"

O Governo dos Açores disse hoje que o novo Centro Multimeios vai ser um "serviço de apoio aos jornalistas", mas "deixará de 'bombardear' a imprensa", numa referência ao Gabinete de Apoio à Comunicação Social, criado pelos governos socialistas.

Açores diz que novo Centro Multimeios "deixará de bombardear a imprensa"

"O Centro Multimeios pretende ser um serviço de apoio aos jornalistas, mas deixará de 'bombardear' a imprensa, à imagem do passado. A postura deste Governo [Regional] e deste novo Centro passa por deixar a sociedade, e a comunicação social, respirarem por si mesmos", disse à agência Lusa fonte oficial do Governo Regional.

A reação do executivo açoriano, de coligação PSD/CDS-PP/PPM, surge após o PS/Açores ter questionado hoje que funções e meios terá o Centro de Multimeios criado pelo Governo Regional, e que deverá substituir o Gabinete de Apoio à Comunicação Social (GACS), criado pelos Governos Regionais do PS.

O Governo Regional, liderado pelo social-democrata José Manuel Bolieiro, lembra que o anterior Governo socialista, chefiado por Vasco Cordeiro, "tinha pelo menos um assessor de imprensa por gabinete", que "produzia notas de imprensa para o GACS", o que "não sucede agora".

O executivo regional, de coligação PSD/CDS-PP/PPM, indica ainda que o Centro Multimeios será "formalizado em breve" e que "não será um canal de propaganda permanente".

"O GACS tinha um coordenador geral, mais dois coordenadores de ilha e havia ainda um assessor específico para a presidência. O Centro Multimeios, que será formalizado em breve, será coordenado pelo assessor de imprensa da Presidência do Governo dos Açores, sem mais nenhum coordenador", revela a mesma fonte.

E acrescenta: "Os funcionários públicos afetos ao antigo GACS continuarão a exercer funções na área da comunicação e não haverá contratações externas ao serviço, que terá atividade regular, mas não será um canal de propaganda permanente".

Os socialistas entregaram um requerimento no parlamento regional em que questionaram o Governo dos Açores sobre "em que consiste o Centro de Multimeios, quando começará a funcionar e onde será a sua sede", a par de "quais os meios que lhe estarão afetos e o valor global do seu funcionamento".

Segundo o deputado do PS/Açores Berto Messias, o Governo Regional vai extinguir o GACS "mas, em alternativa, vai criar o Centro de Multimeios, uma estrutura com funções iguais, com as pessoas que desempenham funções no GACS e com reforço de meios e de áreas de intervenção".

O PPM/Açores foi um dos partidos da coligação açoriana que defendeu a extinção do GACS, tendo esta pretensão sido salvaguardada no Programa do Governo dos Açores.

Leia Também: Bolieiro confiante na "honorabilidade" de suspeitos de vacinação indevida

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório