Meteorologia

  • 19 JUNHO 2021
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Confrontos entre adeptos do Sporting e a polícia em Alvalade

Petardos, pedras e garrafas foram arremessados contra os agentes da força policial. Polícia respondeu com balas de borracha.

Confrontos entre adeptos do Sporting e a polícia em Alvalade

Uma equipa da polícia de intervenção foi forçada, esta terça-feira, a carregar sobre uma multidão de adeptos do Sporting, que se encontra junto ao Estádio de Alvalade, em Lisboa.  

De acordo com a RTP, que se encontra em direto no local, várias pessoas atiraram pedras, petardos e  garrafas de vidro contra os elementos das forças policiais, que responderam com o disparo de balas de borracha

Entretanto, devido ao descontrolo dos festejos dos adeptos dos leões, já chegaram ao local mais equipas de intervenção que estão a tentar dissipar a multidão.

Ainda segundo o canal da estação pública, pelo menos uma pessoa terá ficado ferida após o arremesso de um objeto. A TVI dá ainda conta de que um dos seus repórteres foi atingido na perna por uma bala de borracha. Perto do estádio, já se encontram duas ambulâncias. 

Os ecrãs gigantes que estavam a transmitir o jogo para a via pública já foram desligados. 

"Não há detidos a registar, mas há feridos", confirma PSP 

Até ao momento, segundo o comissário da PSP Artur Serafim, que se encontra no local, informou que não foram realizadas pela autoridade qualquer detenções, mas confirmou a ocorrência de feridos. 

"Infelizmente agora, durante a parte do intervalo do jogo, tivemos vários adeptos que começaram a atirar pedras e garrafas à PSP. Até ao momento, não há detidos a registar, mas há feridos, vários cidadãos que se encontravam aqui a festejar e foram atingidos com pedras ou garrafas. Ainda não temos conhecimento de nenhum ferido grave", adiantou, em declarações aos jornalista. 

O comissário da PSP revelou ainda que está a ser estudada a possibilidade de o autocarro panorâmico do Sporting não sair de Alvalade.

"Vamos analisar o plano que temos estudado para o acompanhamento do autocarro", referiu. 

Desde o início da tarde, apesar do apelo das autoridades e do próprio Presidente da República, milhares de pessoas encontram-se junto ao estádio do Sporting a consumir ilegalmente bebidas alcoólicas e a desrespeitar o distanciamento social ou o uso de máscara de proteção individual. 

Leia Também: [1-0] Sporting-Boavista: Feddal não joga frente ao Benfica

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório