Meteorologia

  • 15 JUNHO 2021
Tempo
30º
MIN 17º MÁX 32º

Edição

Concerto no Dia da Europa celebra Presidência Portuguesa

A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia vai ser celebrada no próximo domingo, Dia da Europa, com um concerto da Serenata Op. 8 de Beethoven, pela Orquestra de Jovens da União Europeia, em formato digital, foi hoje anunciado.

Concerto no Dia da Europa celebra Presidência Portuguesa

A atuação, que tem início pelas 10:00, assinala o 71.º aniversário da Declaração de Schumann, tornada histórica no dia 09 de maio de 1950 pelo então ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Robert Schumann, que apresentou uma proposta para criação de uma Europa organizada, e que é considerada o início do que é hoje a União Europeia (UE).

A Orquestra de Jovens da União Europeia (OJUE) toma como inspiração o tema da presidência portuguesa "Tempo de agir: por uma recuperação justa, verde e digital" e apresenta o concerto "Tempo de agir: O que podem as Artes fazer para ajudar na Recuperação da Europa?", segundo um comunicado do Conselho da UE.

"Seis portugueses, jovens membros e ex-alunos da OJUE, sediados em Portugal e na Alemanha, país da Presidência do ano passado, contribuem não só com uma atuação da jovial Serenata Op. 8 de Beethoven, como também, com as suas ideias sobre a Europa, Portugal e o papel da música, em benefício da sociedade", especifica a nota da presidência portuguesa.

O evento foi filmado, com o apoio da Europa Nostra (parceiro da OJUE), no Palácio Nacional de Mafra, Património Mundial da UNESCO, em Portugal, e no Palais Lichtenau, em Potsdam, na Alemanha.

Numa mensagem especial para o evento, a comissária europeia Elisa Ferreira lembrou que durante a pandemia foi a cultura que ajudou a superar "os piores momentos da crise" e que "agora também precisa de ser uma parte fundamental de uma recuperação orientada para o futuro", de que é exemplo a OJUE, "uma das melhores expressões da diversidade, talento e futuro da Europa".

A chefe da representação da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, gravou uma mensagem em vídeo, como parte do evento, na qual afirma: "A resposta à pergunta 'O que podem as Artes fazer para ajudar na recuperação da Europa?' está no vosso exemplo diário, e estou convencida de que o setor cultural continuará a dar o exemplo à medida que curamos e reconstruímos as nossas sociedades".

Por seu turno, a ministra portuguesa da Cultura, Graça Fonseca, deu as boas-vindas ao concerto considerando que "este é o tempo de apoiar a cultura, porque o mesmo é investir na democracia".

Marshall Marcus, secretário-geral da OJUE, considerou que este evento "é uma oportunidade para a OJUE ajudar a celebrar o Dia da Europa e a Presidência Portuguesa, não só, através da cultura europeia, e com músicos portugueses, mas também, num momento para refletir, e para aproveitar o poder indubitável da cultura como um meio de promover a cura e a recuperação".

O concerto "Tempo de agir: O que podem as Artes fazer para ajudar na Recuperação da Europa?" estreia-se no domingo, às 10:00, nos canais da OJUE (YouTube, página eletrónica, plataformas sociais), e estará disponível nas páginas oficiais da Presidência Portuguesa do Conselho da EU, bem como, na página do parceiro de radiodifusão da OJUE, a Rai Radio3 de Itália.

Será ainda distribuído através dos meios de comunicação social das representações da Comissão Europeia em Portugal e na Alemanha, e das delegações da União Europeia no Egito e nas Nações Unidas em Nova Iorque.

Leia Também: Cimeira Social começa sexta com 24 dos 27 lideres dos Estados-membros

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório