Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

RCA. "Era o meu aniversário. Não poderia ter desejado tarefa mais nobre"

Intendente António Resende da Silva esteve na República Centro-Africana e conta uma ação que levou a cabo naquele país.

RCA. "Era o meu aniversário. Não poderia ter desejado tarefa mais nobre"

O Intendente António Resende da Silva, do Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP), regressou recentemente da República Centro-Africana (RCA) - onde esteve integrado na missão da ONU - e, num testemunho publicado nas redes sociais da autoridade, contou uma das ações de que fez parte naquele país. 

O Intendente recordou a manhã do dia 13 de janeiro de 2021, em que Bangui, a capital da RCA "acordou para um cenário de guerra"

"Ainda antes das 6 horas da manhã uma coligação de grupos armados tentou invadir a capital da Republica Centro Africana e os combates iniciaram-se com artilharia pesada e ligeira em diversos pontos da cidade", começou por explicar António Resende da Silva, acrescentando que "os Polícias portugueses foram considerados pessoal critico e avançaram para acompanhar os colegas das forças de segurança interna da RCA na missão de proteção da população".

No fim da ação - e "de um dia demasiado longo" -, a missão foi "cumprida" com todos "sãos e salvos". "A imagem das pessoas mais simples que nos viam nas ruas e diziam de imediato que não estavam sós, marca para sempre", destacou.

"Curiosamente, era o meu aniversário e, apesar das difíceis solicitações e dificuldades daquele dia, não poderia ter desejado uma tarefa mais nobre do que proteger a população e garantir a sua segurança", sublinhou também o Intendente. 

Na nota publicada no Facebook com o marcante testemunho, António Resende da Silva afirmou ainda que teve a "oportunidade de testemunhar no decorrer do processo eleitoral, diversos ataques armados e até mesmo perante a tentativa de invasão da capital" e ficou consciente de que "para o povo centrafricano a esperança será sempre maior que o medo!"

Leia Também: RCA: Militares portugueses ajudaram na segurança das eleições

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório