Meteorologia

  • 19 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 15º MÁX 21º

Segunda fase do desconfinamento vai arrancar. O que vai reabrir dia 5?

Plano "a conta-gotas" apresentado por António Costa vai seguir como previsto. Após a abertura de creches, pré-escolar e 1.º ciclo - assim como cabeleireiros - e a permissão de venda ao postigo, há agora um novo alívio nas restrições. Fique a par de tudo o que muda já a partir de segunda-feira.

Segunda fase do desconfinamento vai arrancar. O que vai reabrir dia 5?
Notícias ao Minuto

16:14 - 01/04/21 por Notícias ao Minuto

País Covid-19

O plano de desconfinamento é a "conta-gotas", como fez questão de sublinhar António Costa por diversas vezes na comunicação ao país onde o apresentou, a 11 de março, mas a segunda fase chega já na próxima segunda-feira. Depois de no passado dia 15 de março terem aberto creches, pré-escolar e 1.º ciclo, lojas de comércio local de bens não essenciais para venda ao postigo e também as livrarias, cabeleireiros, barbeiros, manicure e similares, chega, na próxima segunda-feira, dia 5 de abril, mais um alívio das medidas. 

No final da reunião do Conselho de Ministros, António Costa anunciou que estão reunidas as condições para avançar para a segunda data-chave do plano. A matriz de risco segue no verde.

Não esquecer que, durante todo o processo, há medidas gerais que têm sempre de ser observadas. São elas o teletrabalho sempre que possível e os horários de funcionamento dos estabelecimentos: 21h durante a semana; 13h aos fins-de-semana e feriados ou 19h para retalho alimentar.

Assim, a partir de segunda-feira, dia 5, vão abrir:

De salientar que a partir da próxima terça-feira (dia 6 de abril), 'cai' a proibição de circular entre concelhos 

Reveja aqui a conferência de imprensa do primeiro-ministro

Para dia 19 de abril está prevista, recorde-se, a abertura dos Ensinos Secundário e Superior, assim como dos cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos, todas as lojas e centros comerciais e restaurantes, cafés e pastelarias (máx. 4 pessoas ou 6 em esplanadas) até às 22h ou 13h ao fim de semana e feriados, entre outros. 

Por fim, em 3 de maio, prevê-se que regressem todas as modalidades desportivas e os grandes eventos exteriores e eventos interiores com diminuição de lotação. Já os restaurantes, cafés e pastelarias poderão funcionar sem limite de horários (máx. 6 pessoas ou 10 em esplanadas).

Já ontem, o primeiro-ministro declarou que "estamos num bom momento de controlo da pandemia". "O número de casos tem vindo a reduzir, o número de internados em Cuidados Intensivos tem vindo a diminuir, o número de óbitos tem vindo a diminuir e estamos já a executar o nosso programa de desconfinamento a conta-gotas", apontou. 

Recorde-se que, Portugal esteve pela primeira vez confinado em março e abril de 2020, e o calendário do primeiro desconfinamento teve três momentos: 4 de maio, 18 de maio e 1 de junho.

Leia Também: No 'verde', Portugal pode "avançar nas medidas de desconfinamento"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório