Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

46 toneladas de amianto apreendidas em Faro e no Porto pela GNR

Resíduos estavam armazenados num "local não licenciado". Multas podem chegar aos 5 milhões de euros.

46 toneladas de amianto apreendidas em Faro e no Porto pela GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu 46 toneladas de resíduos de amianto armazenados num “local não licenciado”, nas cidades de Faro e Porto, correspondendo a uma contraordenação ambiental muito grave, cujo valor da coima pode variar entre 24 mil euros e 5 milhões de euros, no caso de pessoa coletiva.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, os militares revelam que as apreensões decorreram, entre 11 e 12 de março, durante um conjunto de ações de fiscalização, cujo objetivo era “detetar possíveis irregularidades no manuseamento, transporte e armazenamento, bem como proceder à verificação do cumprimento das obrigações legais associadas à gestão desta tipologia de resíduos”.

Recorde-se que o amianto é uma fibra natural proveniente de vários minerais e a sua perigosidade para a saúde reside na inalação das suas fibras. A presença de amianto num edifício não constitui, por si só, um risco para a saúde. O perigo está associado à danificação de materiais que o contêm, pelo potencial de libertação de fibras, inalação e posterior alojamento nos pulmões.

Na mesma nota, a GNR alerta para o facto da remoção, transporte e armazenamento dos materiais com amianto ter de ser feita por especialistas, obedecendo a um conjunto de requisitos obrigatórios. Em caso de dúvida, sugere-se a consulta do site da APA para obtenção da lista de operadores de gestão de resíduos licenciados para o tratamento de RCDA.

Leia Também: Obras de remoção de amianto em dois jardins-de-infância de Bragança

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório