Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

AO MINUTO: Novo voo para repatriar; Brasil com pior dia da pandemia

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Novo voo para repatriar; Brasil com pior dia da pandemia

Pelo quarto dia consecutivo foram reportados menos de mil casos diários em Portugal, segundo os dados divulgados esta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Morreram mais 41 pessoas nas últimas 24 horas. Em termos globais, Portugal contabiliza 806.626 contágios e 16.430 óbitos. O número de recuperados subiu para mais de 725 mil, e os casos ativos baixaram para menos de 65 mil.

A pressão sobre os serviços hospitalares do SNS vai reduzindo com a progressiva diminuição dos internamentos, em níveis de meados de outubro.

O número de internados nos cuidados intensivos em Portugal desce há 19 dias, caindo para 415 esta quarta-feira.

De recordar que uma das condições que tem sido apontada para iniciar o desconfinamento em segurança é ter menos de 200 doentes em UCI, uma meta que pode ser alcançada no final de março.

A Ordem dos Enfermeiros revelou hoje que ainda faltam vacinar 4.750 enfermeiros. A Ordem já enviou a listagem destes profissionais à 'task force' responsável pelo plano de vacinação.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

00h02 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de quinta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h58 - A variante britânica do SARS-CoV-2 já contabiliza 46% dos casos positivos na Alemanha, informa o Instituto Robert Koch. A variante está a propagar-se rapidamente no país - há duas semanas correspondia a 22% das infeções.

23h55 - Um ano depois de ter registado o primeiro caso de Covid-19, o Chile passou de um dos países mais afetados pela pandemia a líder da vacinação na América Latina, com 3,6 milhões de pessoas inoculadas com pelo menos uma das doses das vacinas, refere a agência Efe.

Mais de 18% da população chilena já foi vacinada, o que coloca o Chile no quarto lugar do ranking mundial de vacinação contra a Covid-19 - atrás de Israel, Emirados Árabes Unidos e Estados Unidos.

23h47 - O governo da Grécia anunciou hoje o prolongamento do confinamento até 16 de março e um reforço das medidas restritivas, num momento em que o país enfrenta o "período mais difícil da pandemia" do novo coronavírus.

A Grécia, país que impôs um confinamento à população desde 7 de novembro de 2020, registou hoje a maior taxa diária de infeções, ao somar cerca de 2.700 novos casos de Covid-19, segundo afirmou o ministro da Saúde helénico, Vassilis Kikilias.

23h33 - A vacina da AstraZeneca vai ser finalmente administrada à população com mais de 55 anos na Bélgica, permitindo às autoridades sanitárias "iniciar imediatamente" a vacinação de idosos, anunciou hoje o ministro da Saúde.

23h05 - O governo francês vê "um horizonte ao fundo do túnel" para esta terceira vaga da Covid-19 a partir de meio de abril, embora os números de casos e de pessoas nos serviços de cuidados intensivos continuem a aumentar.

"O regresso à normalidade está à vista, os sítios que constituem a nossa vida social vão abrir, é um horizonte ao fundo do túnel que devemos ter como objetivo", disse hoje o porta-voz do governo, Gabriel Attal, após o Conselho de Ministros que decorreu no Palácio do Eliseu, em Paris.

22h32 - Os representantes das instituições com lares de idosos nos Açores alegam que só receberam oficialmente o plano de vacinação contra a Covid-19 após as primeiras administrações da vacina, mas rejeitam irregularidades no processo.

22h15 - Madeira com 45 novos casos, 130 recuperações e 118 situações suspeitas. A Madeira registou hoje 45 novos casos de Covid-19, 130 recuperações e 118 situações suspeitas, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 1.037.

22h05 - Brasil reporta os piores registos, mais de 71 mil casos e 1.910 óbitos. O país sul-americano registou esta quarta-feira um novo máximo diário de óbitos, pelo segundo dia consecutivo, e de novos casos: mais 71.704 contágios e 1.910 óbitos no último dia, numa altura em que se assiste ao colapso da rede hospitalar nas principais cidades do país.

22h04 - Uma dose da vacina da AstraZeneca reduz risco de hospitalização de idosos. A injeção de uma dose da vacina AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19 permite reduzir em mais de três quartos o risco de hospitalização de idosos com mais de 80 anos, conclui um estudo britânico hoje divulgado.

21h07 - O presidente norte-americano, Joe Biden, criticou hoje a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara, classificando-a de "raciocínio Neanderthal".

"Estamos à beira de ser capazes de mudar fundamentalmente a natureza desta doença por causa da maneira como podemos vacinar as pessoas. A última coisa - a última coisa - de que precisamos, é um raciocínio Neandertal de que está tudo bem, portanto é possível tirar a máscara e esquecer", disse Biden.

"Espero que todos percebam, nesta fase, que estas máscaras fazem a diferença", adiantou o presidente norte-americano numa declaração na Casa Branca, sem esquecer a sua própria máscara facial.

20h54 - A Madeira registou hoje 45 novos casos de Covid-19, 130 recuperações e 118 situações suspeitas, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 1.037.

20h45 - Angola registou, nas últimas 24 horas, mais 41 casos de Covid-19, anunciou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

20h36 - O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, voltou hoje a criticar a imprensa e, num momento de descontrolo da pandemia de Covid-19 no país, afirmou que para os jornalistas o vírus é o próprio chefe de Estado.

"Estamos a fazer o dever de casa", disse Bolsonaro numa breve conversa com um pequeno grupo de apoiantes, aos quais garantiu que o Brasil é "um dos países que mais vacina" no mundo, apesar de até agora apenas cerca de 3% da população, de 212 milhões de habitantes, ter sido imunizada.

"Mas para a imprensa o vírus sou eu", disse, em tom de queixa, num momento em que todos os especialistas em saúde afirmam que este é o pior momento da crise no Brasil, um dos três países do mundo mais afetados pela pandemia, e que registou na terça-feira 1.641 mortes, um novo recorde diário de óbitos.

20h00 - O Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico revelou que foram identificados 6.385 casos de contaminação por coronavírus e morreram 315 pessoas desde ontem. O governo britânico procedeu ainda a uma atualização dos dados relativos aos óbitos, acrescentando mais 172 mortes causadas pela Covid-19 ao total de óbitos.

O Reino Unido acumula nesta altura 4.194.785 infetados e 123.783 vítimas mortais.

19h37 - A Embaixada de Portugal em Brasília anunciou hoje que se irá realizar, em 11 de março, um novo voo entre São Paulo e Lisboa, em "condições inteiramente idênticas" às da viagem de repatriamento ocorrida no sábado.

18h59 - O Governo está a preparar um processo de testagem massiva que prevê a realização de 400 mil testes no espaço de 14 dias, revelou a TVI24, que cita Germano de Sousa, responsável por laboratórios de análises clínicas.

18h57 - A União Europeia (UE) vai enviar doses adicionais de vacinas Pfizer-BioNTech para a Áustria, para imunizar todos os habitantes de uma região gravemente afetada por uma estirpe do novo coronavírus, anunciou o governo austríaco.

"Receberemos mais 100.000 doses da UE para combater a propagação no distrito de Schwaz", no Tirol, disse o primeiro-ministro da Áustria, Sebastian Kurz, numa conferência de imprensa, explicando que essa região constitui "um dos maiores centros" europeus da variante inicialmente detetada na África do Sul.

18h55 - A deputada não inscrita Joacine Katar Moreira questionou hoje o Governo sobre a data prevista para a vacinação prioritária de trabalhadores essenciais, nomeadamente os profissionais de serviços de limpeza dos hospitais ou motoristas de transportes públicos.

18h50 - As autoridades de saúde francesas anunciaram esta quarta-feira que foram diagnosticados 26.788 casos de infeção por coronavírus no último dia. Os dados de hoje referem que morreram mais 322 pessoas em 24 horas.

No total, França soma 3.810.316 casos positivos e 87.542 vítimas mortais. Onúmero de recuperados ascende a 261 mil.

18h17 - O ministro dos Negócios Estrangeiros garantiu hoje, na Assembleia da República, que o Governo "não tenciona" comprar vacinas fora do quadro da UE, defendendo que tal seria "trair uma decisão" tomada ao nível europeu.

"Em primeiro lugar, porque isso seria trair uma decisão que tomámos, nós, como europeus, e que permitiu que o processo de descoberta e de produção da vacina fosse o mais rápido da história da humanidade", apontou.

Por outro lado, Santos Silva considerou que, caso o Governo optasse por tomar tal decisão, "não haveria vacinas autorizadas pela Agência Europeia do Medicamento [EMA, na sigla em inglês] que estivessem disponíveis".

17h43 - A variante do coronavírus originária do Reino Unido foi detetada em 58% das amostras analisadas em fevereiro pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), que considera as variantes de África do Sul e Brasil com circulação reduzida em Portugal.

17h36 -A Proteção Civil italiana notificou esta quarta-feira o registo de mais 20.884 novos casos de infeção por novo coronavírus, numa altura em que as autoridades falam numa subida na curva de contágios. São notificados ainda mais 347 óbitos referentes às últimas 24 horas.

Itália contabiliza agora um total de 2.976.274 casos positivos confirmados desde o início da pandemia no país, a 21 de fevereiro. O número total de mortes é agora de 98.635.

17h33 - Espanha ultrapassou esta quarta-feira a marca das 70 mil vítimas mortais causadas pela Covid-19. O Ministério da Saúde espanhol reportou mais 446 óbitos em 24 horas, o que elevou o total de mortes para 70.247. Foram notificados 6.137 novas infeções. Nesta altura Espanha contabiliza um total de 3.136.321 casos confirmados.

17h09 - A Associação Portuguesa de Barbearias, Cabeleireiros e Institutos de Beleza (APBCIB) condenou hoje a "concorrência desleal" por parte de profissionais que, face ao encerramento obrigatório dos estabelecimentos durante o confinamento, exercem a atividade ao domicílio.

16h35 - O presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, afirmou hoje que a pandemia de Covid-19 está "em contenção" no arquipélago, porque as atividades económicas estão em funcionamento e o registo diário de novas infeções é inferior 100.

"O que nos preocupa agora é termos surtos descontrolados. A pandemia está em contenção. O número [de novos infetados por dia] inferior a 100 dá-nos o conforto de que temos capacidade de resposta dos serviços hospitalares e das unidades de saúde", disse o chefe do executivo madeirense.

16h00 - Moçambique registou mais três mortos devido à Covid-19 e 481 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando o número de casos para mais de 60 mil, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

15h32 - Os casos de Covid-19 na Polónia duplicaram nas últimas 24 horas, atingindo os 15.698, e 309 pessoas morreram na terça-feira, tendo as autoridades sanitárias alertado que a terceira onda da pandemia "está a ganhar força".

15h30 - O secretário de Estado Adjunto da Saúde, António Lacerda Sales, considerou hoje que o reforço feito pelo Governo na estrutura do serviço público de saúde no combate à pandemia causada pela Covid-19 "ficará para o futuro".

"E aquilo que nos parece uma reforma conjuntural, porque surgiu em função de uma necessidade imperiosa que foi a pandemia, poderá ser muito bem uma grande reforma estrutural do Serviço Nacional de Saúde (SNS)", afirmou o governante.

Leia Também: AO MINUTO: Em 'queda', n.º de internados em UCI aproxima-se da meta

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório