Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 25º

Edição

Concelho de Évora "entra" na nova fase de vacinação com 1.800 doses

A vacina contra a covid-19 começa a ser administrada em Évora, na quinta-feira, a pessoas com 80 e mais anos e acima dos 50 com doenças associadas, abrangendo inicialmente 1.800 dos 9.000 utentes identificados no concelho.

Concelho de Évora "entra" na nova fase de vacinação com 1.800 doses
Notícias ao Minuto

14:32 - 24/02/21 por Lusa

País Covid-19

Fonte da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo indicou hoje à agência Lusa que estas 1.800 pessoas vão ser vacinadas até segunda-feira, na Arena d'Évora, espaço do município onde foi instalado o centro de vacinação concelhio.

No concelho de Évora, sublinhou, estão identificadas 9.000 pessoas com 80 e mais anos e acima dos 50 com doenças associadas.

Segundo a mesma fonte, a Arena d'Évora tem quatro postos de vacinação e capacidade para vacinar 600 pessoas por dia.

A fonte da ARS do Alentejo alertou para a existência de dificuldades para contactar as pessoas que vão ser vacinadas e apelou a quem tem critérios de vacinação que atualize os dados através do portal covid19.min-saude.pt/vacinaçao.

Além do concelho de Évora, esta fase de vacinação já arrancou esta semana em mais sete municípios do distrito, depois de ter começado, na semana passada, em Estremoz, Alandroal, Redondo, Reguengos de Monsaraz e Montemor-o-Novo.

Para os oito concelhos do distrito (Arraiolos, Borba, Évora, Mora, Portel, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa) agora abrangidos na atual fase do plano nacional de vacinação, adiantou a fonte, foram destinadas 2.970 doses da vacina contra a covid-19.

A fonte da ARS do Alentejo assinalou que apenas no concelho de Mourão a vacinação de pessoas com 80 e mais anos e acima dos 50 com doenças associadas vai arrancar na próxima semana, uma vez que o centro de saúde da vila não dispõe de médico, esta semana.

Em Portugal, morreram 16.086 pessoas dos 799.106 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Líderes da UE discutem na quinta-feira aceleração da vacinação

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório