Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2021
Tempo
MIN 9º MÁX 19º

Edição

Conclusão de obras no Bairro da Pasteleira prevista para 2022

A Câmara do Porto lançou hoje o concurso público a última fase das obras de reabilitação no bairro da Pasteleira, que inclui o bloco 16, considerado "em risco" pelos moradores, apontando como prazo de conclusão dezembro de 2022.

Conclusão de obras no Bairro da Pasteleira prevista para 2022
Notícias ao Minuto

15:49 - 22/02/21 por Lusa

País Câmara do Porto

"Nós vamos reabilitar todos os blocos do bairro da Pasteleira e o bloco 16, em particular, vai ter uma melhoria muito significativa, porque vai ter, pela primeira vez, um elevador. Esse elevador exige um plano de reabilitação diferente e vai permitir a utilização suave de acesso ao prédio da Pasteleira, a qualquer coisa como mais de cem frações. E, portanto, é essa a razão pela qual o projeto foi de alguma maneira apresentado mais tardiamente", explicou o presidente da autarquia, o independente Rui Moreira.

O autarca, que respondia a um pedido de esclarecimento da vereadora da CDU, Ilda Figueiredo, que visitou o bairro há cerca de duas semanas, salientou que as patologias do bloco 16 não surgiram recentemente, estão presentes em todos os blocos, nomeadamente no Bloco 1, aquele que apresentava mais perigosidade e que já foi intervencionado.

"A ideia que bloco 16 ficou para trás é uma ideia que não faz sentido", rematou.

A Câmara do Porto publicou hoje em Diário da República o concurso público para a execução de obras de reabilitação e beneficiação dos Blocos 16 e 23 a 27 do bairro social da Pasteleira, tendo definido como valor base do procedimento em 3,5 milhões de euros. Ainda de acordo com o procedimento, o prazo de conclusão é de 600 dias.

Segundo cronograma apresentado esta manhã na reunião do executivo, as obras de reabilitação para os quatro lotes, num total de 27 blocos, devem estar terminadas em dezembro de 2022, com a conclusão da quarta e última fase que inclui o bloco 16.

Entre as intervenções a realizar, no bloco 16 vão ser instalados de dois elevadores e reforçado estruturalmente a caixa de escadas.

A empreitada foi dividida em quatro fases, estando a primeira fase, correspondente à intervenção no Bloco 1, já está concluída desde no final do ano passado.

Neste momento, estão em curso a segunda e terceira fase das obras de reabilitação, relativas ao lote 2 (blocos 2 a 9, 11, 13, 15) e ao lote 3 (blocos 10, 12,14 e 17 a 22), estimando-se a sua conclusão para novembro de 2022.

Em 11 de fevereiro, na sequência de uma visita ao bairro a pedido dos moradores, a vereadora da CDU disse não entender por que motivo não foi o Bloco 16, onde vivem mais de 30 famílias, incluído nesta fase, "sendo que é aquele que está em pior estado".

Segundo os moradores, o Bloco de 16 "está em perigo" há mais de 10 anos. No local, é possível ver a degradação das paredes exteriores, com pedaços de fachada em falta e as escadas de acesso aos pisos reforçadas com estruturas metálicas devido à insegurança das mesmas.

À data, a Lusa questionou o município, mas sem sucesso.

Na reunião do executivo desta manhã, Ilda Figueiredo solicitou esclarecimentos sobre esta questão, bem como sobre as alterações, contestadas pelos moradores, às marquises do rés-do-chão.

Sobre esta matéria, o vereador da Habitação Social, Fernando Paulo, esclareceu que após ter reunido com a Associação de Moradores do Bairro da Pasteleira e ter mostrado disponibilidade para alterar o projeto, recebeu esta semana um e-mail onde aquela associação dá conta que a maioria dos moradores valida, "sem reservas" o projeto do município.

O descontentamento em torno das obras de reabilitação do Bairro da Pasteleira levou a que mais de meia centena de moradores se juntassem à visita da CDU para exigir uma revisão do projeto.

Situado na União das Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos, o Bairro da Pasteleira foi construído em 1960 e é composto por 606 fogos, distribuídos por 27 blocos onde moram aproximadamente 1.500 pessoas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório