Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Funcionário alegava extravio de encomendas para ficar com elas

Homem de 33 anos terá furtado bens com um valor estimado superior a 10 mil euros, afetando, simultaneamente, a confiança dos clientes na empresa de distribuição para a qual trabalhava.

Funcionário alegava extravio de encomendas para ficar com elas

O Comando Territorial de Faro, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Albufeira, deteve na quarta-feira um homem de 33 anos por furto de encomendas de clientes, no concelho de Albufeira.

De acordo com a autoridade, o suspeito, funcionário de uma empresa de distribuição, furtava encomendas que se destinavam a clientes, na sua maioria telemóveis de valor elevado, dando os artigo como extraviados.

Ao longo da investigação, adianta a GNR em comunicado, o homem terá furtado bens com um valor estimado superior a 10 mil euros, afetando, simultaneamente, a confiança dos clientes na empresa.

Após diligências policiais, os militares da Guarda realizaram uma busca domiciliária e uma busca em veículo, culminando na detenção do suspeito e na apreensão de oito telemóveis; um smartwatch; doze cartões SIM e cinco carregadores para telemóveis.

O detido, com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, será presente a primeiro interrogatório esta quinta-feira, dia 11 de fevereiro, no Tribunal Judicial de Portimão, para aplicação de medidas de coação.

Leia Também: Jovem detido após vários roubos violentos nos transportes públicos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório