Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 15º

Edição

Açores sem pedido concreto de transferência de doentes do continente

O secretário regional da Saúde dos Açores revelou hoje que tem havido contactos com o Ministério da Saúde com vista à transferência de doentes com covid-19 para a região, mas disse ainda não ter existido um pedido concreto.

Açores sem pedido concreto de transferência de doentes do continente
Notícias ao Minuto

21:05 - 03/02/21 por Lusa

País Covid-19

"Foi feita a abordagem, mas não foi solicitado, em concreto, quantas [camas] precisam e para quando precisam", adiantou o responsável pela tutela da Saúde nos Açores, Clélio Meneses, em declarações à Lusa, à margem de uma reunião com a direção da Casa de Saúde São Rafael, do Instituto de São João de Deus, em Angra do Heroísmo.

A Madeira recebeu, na passada sexta-feira, três doentes com covid-19, transferidos dos cuidados intensivos de hospitais do continente, e o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, anunciou hoje que a região iria receber outros três doentes de cuidados intensivos.

O secretário regional da Saúde dos Açores já tinha manifestado também, na passada quinta-feira, disponibilidade para acolher doentes com covid-19, mediante a capacidade dos três hospitais da região.

Questionado hoje sobre esse processo, Clélio Meneses admitiu que "tem havido contactos" com o Governo da República nesse sentido.

"Ainda hoje houve um contacto com a senhora ministra. Há um princípio de solidariedade da região para com o todo do território e, de acordo com as nossas disponibilidades, e quando isso for solicitado em concreto, decidiremos. Não podemos decidir à partida porque a evolução da pandemia é tão momentânea que não podemos decidir quantas camas estão disponíveis", adiantou.

O número de camas a disponibilizar pelos Açores"dependerá das circunstâncias" e da evolução da pandemia na região, segundo o secretário regional da Saúde.

ClélioMeneses ressalvou que os Açores são "uma região com contingências especiais, com nove ilhas, onde em muitas delas nem sequer há internamentopara este tipo de doença", mas garantiu que o arquipélago colaborará "naquilo que lhe estiver ao alcance".

Os Açores têm atualmente 17 pessoas internadas com covid-19 em dois dos três hospitais da região.

No Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, estão internados 16 doentes (seis dos quais em cuidados intensivos) e no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira um doente.

A região tem atualmente 353 casos positivos ativos de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, dos quais 298 em São Miguel, 39 na Terceira, 12 no Faial, três no Pico e um nas Flores.

Desde o início do surto, foram detetados nos Açores 3.697 casos de infeção pelo SARS-CoV-2, tendo ocorrido 26 mortes e 3.217 recuperações.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos,2.253.813mortos resultantes de mais de 103,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram13.257pessoas dos740.944casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Secretário da Saúde dos Açores critica subfinanciamento do setor

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório