Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2021
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

Dezenas de pessoas (sem máscara) junto a restaurante que recusou fechar

Proprietários do espaço Lapo, em Lisboa, têm desafiado confinamento. Depois de recusarem fechar o restaurante, esta quarta-feira, organizaram um protesto.

Dezenas de pessoas (sem máscara) junto a restaurante que recusou fechar

Os proprietários do restaurante Lapo, em Lisboa, que têm desafiado o confinamento desde que o Governo decretou o encerramento dos espaços de restauração, no âmbito no nono Estado de Emergência, organizaram, esta quarta-feira, dia 27 de janeiro, um protesto em frente ao estabelecimento.

Nas redes sociais do espaço foram partilhados vários vídeos onde se veem dezenas de pessoas à porta do restaurante a protestar. A maioria sem máscara e sem cumprir o distanciamento físico aconselhado para evitar a propagação da Covid-19. Nas imagens veem-se ainda vários agentes da PSP e algumas pessoas a rirem-se, na conversa.

Horas antes do protesto, os donos do Lapo tinha partilhado uma publicação intitulada “Como proceder no caso de fiscalização policial por não cumprimento do dever de recolhimento domiciliário”.

Este protesto aconteceu no dia em que Portugal atingiu um novo máximo de mortes, com 293 pessoas a perderem a luta contra o novo coronavírus e os hospitais a terem que lidar com mais de 6.600 internamentos (apenas Covid-19), 783 deles em Unidades de Cuidados Intensivos.

Recorde-se que, há cerca de duas semanas, os proprietários do restaurante Lapo recusaram fechar o espaço e invocaram a Constituição para desafiar o confinamento domiciliário, decretado pelo Governo, perante o desmesurado aumento do número de óbitos e de casos de Covid-19 e o possível colapso do Serviço Nacional de Saude (SNS).

Dias depois, o restaurante acabou por encerrar. Se forem alvo de coima por terem tido o Lapo aberto, a multa pode chegar aos 20 mil euros.

Leia Também: Casal recusa fechar restaurante em Lisboa e invoca Constituição

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório