Meteorologia

  • 05 MARçO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Medidas mais apertadas por cá já 'chegaram' à imprensa internacional

A agência Efe destaca que as novas medidas que entraram esta quarta-feira em vigor em Portugal vêm reforçar o pacote de restrições anterior, que "não conseguiu esvaziar completamente as ruas".

Medidas mais apertadas por cá já 'chegaram' à imprensa internacional

A imprensa internacional destaca, esta quarta-feira, as novas medidas adotadas pelo Governo português para controlar a evolução da pandemia de Covid-19. "Portugal lança esta quarta-feira mais de uma dezena de medidas que agravam o confinamento que começou no último dia 15 e que não conseguiu esvaziar completamente as ruas", escreve a Efe.

A partir de hoje, detalha a agência noticiosa, "é proibido ficar em parques e jardins - embora se possa passear -, os restaurantes não poderão vender bebidas à porta nem poderão ser consumidos produtos nas proximidades, limitando-se estes espaços a entregas ao domicílio e take-away".

Para além desta limitações, lembra a Efe a proibição de circulação entre municípios aos fins de semana, entre outras medidas que visam "tentar evitar a repetição das imagens dos últimos dias, em que grandes grupos foram vistos no exterior, o que tem levantado dúvidas sobre o sucesso do confinamento".

Contrariamente ao que aconteceu em março do ano passado, durante a primeira vaga de Covid-19 em Portugal, "a mobilidade nas ruas quase não foi reduzida" e o "Governo tem insistido, apelando aos portugueses para que fiquem em casa e se evite que os hospitais, já no limite, entrem em colapso".

A agência Efe lembra ainda que o Executivo português tem uma nova 'baixa', já que o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, está infetado com o novo coronavírus. O governante "estava em isolamento profilático desde sábado passado por ter tido contacto com o ministro das Finanças, João Leão", também infetado.

Leia Também: Covid-19. Novas restrições no confinamento já estão em vigor

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório