Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 20º

Edição

Morreu o jornalista Henrique Segurado Pavão cofundador de 'O Jornal'

O poeta e jornalista Henrique Jorge Segurado Pavão, de 90 anos, morreu hoje na sua residência, em Lisboa, disse à Lusa a sua filha, a ceramista Teresa Pavão.

Morreu o jornalista Henrique Segurado Pavão cofundador de 'O Jornal'
Notícias ao Minuto

17:10 - 06/01/21 por Lusa

País Óbito

Henrique Jorge Segurado Pavão, que como jornalista assinava Henrique Pavão, trabalhou no diário O Século, a partir de 1956, e foi um dos jornalistas societários fundadores do semanário O Jornal, de 1975 a 1992, onde desempenhou ainda funções de administrador.

Colaborou também com os vespertinos República e Diário de Lisboa, com a Gazeta Musical e o JL - Jornal de Letras, Artes & Ideias, entre outras publicações.

Como poeta, assinou como Henrique Segurado e foi o último do grupo Távola Redonda, do qual fizeram parte, entre outros, António Manuel Couto Viana, David Mourão-Ferreira e Luís de Macedo.

Henrique Segurado é autor de "Asa de Mosca" (1960), "Ressentimento Dum Ocidental "(1970), "Almocrevce das Palavras" (2011), que reuniu a sua poesia de 1969 a 1989, e "Debaixo das Tílias" (2012), com a sua poesia escrita entre 1990 e 2010.

Em 1959, com "Asa de Mosca" conquistou, 'ex-aequo' com António Ramos Rosa (1924-2013), o segundo prémio do concurso Fernando Pessoa, organizado pela extinta Editorial Ática.

Como Henrique Jorge deu à estampa "Emigrantes do Céu", em 1953, pela Távola Redonda.

Henrique Jorge Segurado Pavão esteve também ligado ao negócio livreiro, a partir de 1976, quando abriu em Lisboa a Livraria Castil-Castilho, à qual se seguiram as lojas Castil-Alvalade, Castil-Benfica, Castil-América e a AZ-Olivais e AZ-Bom Sucesso, no Porto, estas duas últimas em colaboração com o grupo Valentim de Carvalho.

Como poeta, publicou pela primeiura vez em março de 1951, no jornal "Rivages", uma edição dos alunos do Liceu Charles Lepierre, em Lisboa. Voltou a publicar em julho de 1954 e no 1.º número da revista Graal (1956).

Está representado em várias antologias de poesia, entre as quais "800 Anos de Poesia Portuguesa" (1973), organizada por Orlando Neves e Serafim Ferreira, "A Terra e o Homem: Antologia de Textos de Escritores do Século XX" (1978), organizada por David Mourão-Ferreira, e em "Memória Poética da Guerra Colonial" (2011), organizada por Margarida Calafate Ribeiro e Roberto Vecchi.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório