Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2021
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Surto com 23 infetados em lar privado na Malveira

Vinte e três pessoas estão infetadas pela covid-19 no lar privado de São Pedro na Malveira, no concelho de Mafra, sendo 20 utentes e três funcionários, que estão todos assintomáticos, afirmou à agência Lusa o gerente.

Surto com 23 infetados em lar privado na Malveira
Notícias ao Minuto

16:18 - 04/11/20 por Lusa

País Covid-19

Questionado pela agência Lusa, Vasco Fernandes confirmou que existe um surto na estrutura residencial para pessoas seniores, com 20 utentes e três funcionários infetados, estando todos "assintomáticos".

O primeiro caso surgiu em 25 de outubro, na sequência de uma utente ter caído, ficado ferida e ter sido transportada ao hospital, onde foi sujeita ao teste de diagnóstico da covid-19, cujo resultado veio a dar positivo e foi revelado na quinta-feira, contou.

Na segunda-feira, os 27 utentes e nove funcionários do lar foram todos testados e 23 vieram a apresentar teste positivo, tendo os resultados sido conhecidos na terça-feira.

Além das medidas previstas no plano de contingência, já em vigor, o lar separou os utentes por espaços diferentes, em função de terem tido teste positivo ou negativo.

Como estão assintomáticos, os três funcionários infetados estão a dar apoio aos utentes, cujo teste foi positivo.

A agência Lusa pediu dados sobre este surto à Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, mas não obteve resposta até este momento.

Desde o início da pandemia, Mafra, no distrito de Lisboa, contabiliza 1.241 casos confirmados, dos quais 518 estão ativos, 707 recuperados e 21 morreram.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos em mais de 47,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.694 pessoas dos 156.940 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório