Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

"Dever cívico de recolhimento domiciliário" em zonas de maior risco

Primeiro-ministro revelou medidas decididas, este sábado, em Conselho de Ministros Extraordinário para o combate à pandemia no país. São 121 os concelhos que terão novas regras a partir de 4 de novembro.

"Dever cívico de recolhimento domiciliário" em zonas de maior risco

O Conselho de Ministros reuniu este sábado para decretar "ações imediatas" de controlo da pandemia, um dia depois de o primeiro-ministro ter recebido os partidos com assento parlamentar com vista a um consenso sobre estas decisões. No final do encontro, António Costa falou ao país. 

O chefe do Governo começou por referir que, se nada for feito para travar o crescimento da pandemia, que se verifica desde "meados de agosto", o aumento de infeções "conduzirá a uma pressão insustentável do SNS e a um agravamento da saúde pública""O desconfinamento permitiu uma evolução na nossa situação económica", destacou ainda o primeiro-ministro.

"O grande desafio que temos pela frente é como é que controlamos a pandemia sem pagar o brutal custo" que as medidas de confinamento de março tiveram e "seguir um conjunto de critérios que avaliam a resposta" à Covid-19, apontou, acrescentando que a Linha SNS 24 "tem capacidade de atender quase mais 10 vezes mais" do que em março.

O primeiro-ministro sublinhou também a capacidade de testagem existente no país - testagem média diária é de 24 mil testes - , falando ainda nos testes rápidos de antigénio que deverão estar disponíveis a partir da primeira semana de novembro em Portugal, como já indicado nas habituais conferências de imprensa do Ministério da Saúde. 

Uma das "ferramentas essenciais" para controlar a pandemia, disse ainda António Costa, é a aplicação StayAway Covid"Tem vindo a ter nas últimas semanas um desenvolvimento muito positivo". Atualmente, há mais 2.400 milhões de pessoas que já descarregaram a app, cuja utilização "é da maior importância".

"Temos ainda 362 camas com capacidade para acolher doentes Covid-19", revelou também, sendo que 96,6% das pessoas com a patologia estão a recuperar nas habitações. Entre as medidas de reforço do SNS, o chefe do Executivo apontou "a reativação dos espaços de retaguarda" e a "contratação de enfermeiros reformados" para rastreio de contactos

Haverá ainda "202 novas camas em Unidades de Cuidados Intensivos" e um "regime excecional de contratação de enfermeiros para UCI". Já a Linha SNS24 passará a emitir uma "declaração provisória de isolamento profilático".

Com o lema "máxima eficácia, mínima perturbação", o primeiro-ministro deixou uma mensagem "muito clara": "Temos um papel imprescindível no apoio aos profissionais de saúde. Temos de dar o nosso melhor para os podermos apoiar e o melhor que podemos fazer é assegurarmos que tudo fazemos para não sermos mais um doente". "Se os portugueses se sentem cansados, imaginem os profissionais de saúde". 

Anunciadas restrições para concelhos de risco elevado

O Governo adotou um critério para poder estabelecer, a cada 15 dias, os concelhos de risco elevado - ter 240 novos casos por cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. "Este critério aplica-se a vários concelhos do país, com uma particular incidência nas Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto e outras zonas de LVT e do Norte". As exceções a este critério avançado é para "surtos localizados em concelhos de baixa densidade", como Álvaiázere, destacou.

"O mês de novembro vai ser um mês muito exigente e a maior probabilidade é que, daqui a 15 dias, estejamos a acrescentar concelhos", advogou António Costa. Nestes concelhos de maior risco, haverá "dever cívico de recolhimento domiciliário" - com exceções para ir ao supermercado ou à escola, dar assistência a alguém que precise fazer exercício e passear os animais de companhia, por exemplo - sendo que a regra é que "devemos ficar em casa".

Covid-19. Quais são os 121 concelhos abrangidos pelas medidas?

Em segundo lugar, torna-se nestes concelhos obrigatório o desfasamento dos horários de trabalho". "O teletrabalho torna-se obrigatório, salvo oposição fundamentada por parte do trabalhador e nos termos da regulamentação do teletrabalho, que já temos em apreciação na concertação social e que brevemente entrará em vigor", acrescentou o primeiro-ministro.

Os estabelecimentos comerciais devem encerrar a partir das 22 horas e os restaurantes terão de o fazer até às 22h30. Só é permitido um máximo de seis pessoas na mesma mesa. 

Os eventos e celebrações têm um máximo de cinco pessoas - a não ser que sejam da mesma família. São ainda proibidas feiras e mercados levantes. As regras entram em vigor no próximo dia 4 de novembro em 121 concelhos e serão reavaliadas quinzenalmente. Os concelhos de Lisboa e do Porto estão na lista.

António Costa avançou também ter pedido uma audiência a Marcelo Rebelo de Sousa de forma a pedir ao Presidente da República que seja declarado o Estado de Emergência nestas zonas.

Conheça todas as (novas) medidas de combate à Covid-19

O Conselho de Ministros aprovou ainda a resolução que renova a situação de calamidade em todo o território nacional continental, das 00h00 do dia 4 de novembro até às 23h59 do dia 15 de novembro.

Ver esta publicação no Instagram

O @govpt adotou hoje novas medidas para combater a #Covid19.  Saiba que regras se aplicam ao seu concelho em: www.covid19estamoson.gov.pt #COVID19PT #EstamosOn

Uma publicação partilhada por República Portuguesa (@gov_pt) a 31 de Out, 2020 às 12:38 PDT

A reunião extraordinária do Conselho de Ministros começou às 10h00, no Palácio da Ajuda, e terminou cerca das 18 horas.

O mais recente boletim da Direção-Geral da Saúde, divulgado este sábado, dá conta de mais 39 mortes e 4.007 infetados nas últimas 24 horas. Em termos acumulados, Portugal contabiliza 2.507 vítimas mortais e 141.279 casos confirmados pela doença provocada pelo novo coronavírus

[Última atualização às 19h52]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório