Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Há 95 idosos infetados no lar da Santa Casa da Misericórdia de Belmonte

Registam-se ainda 18 funcionários com testes positivos. Provedor diz que "apesar do elevado número de casos" a situação "encontra-se estável".

Há 95 idosos infetados no lar da Santa Casa da Misericórdia de Belmonte

O  Lar Dona Maria José Soares Mendes, pertencente à Santa Casa da Misericórdia de Belmonte, tem atualmente 95 idosos e 18 funcionários infetados com o novo coronavírus. Disso mesmo deu conta o Provedor, José Figueiredo, num comunicado publicado ao final da tarde nas redes sociais onde acrescentou ainda que "apesar do elevado número de casos", a situação é "estavel".

O surto, aponta a nota assinada pelo responsável, teve início após a testagem aos funcionários da Instituição, "em que se verificou que um dos trabalhadores, testou positivo". Tratou-se de um "caso importado", explica, uma vez que "o referido trabalhador, não sendo residente no Concelho de Belmonte, também se deslocava frequentemente a uma localidade vizinha, onde já havia um elevado número de casos positivos"

Assim, e em "articulação com as diversas entidades", iniciou-se um processo de testagem dos utentes, "tendo-se verificado a existência, nesse primeiro momento, de 6 casos positivos".

Com o aumento do número de testes, o número de casos foi também aumentando "apesar das medidas de isolamento que foram imediatamente tomadas", revela o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Belmonte. "Apesar do elevado número de casos que neste momento se verifica, 95 utentes e 18 funcionários com testes positivos, a situação encontra-se estável, no que diz respeito à saúde da maioria dos utentes. Isso mesmo, foi hoje avaliado, pela médica da Instituição".

Há oito casos que inspiram mais cuidados e que estão internados no Hospital da Cova da Beira. "Prevemos que nos próximos dias, possamos anunciar o número dos primeiros recuperados, de acordo com as normas da DGS", frisa. Já noutro lar da Santa Casa, o Lar de Carvalhal Formoso, todos os testes realizados deram negativo. 

José Figueiredo pede ainda aos familiares dos utentes que "mantenham a serenidade" e promete que estes "serão informados, logo que possível, da situação dos seus ente queridos". "É para já, aquilo que vos posso dizer, na certeza que estamos a fazer tudo para que nada falte aos nossos idosos", termina a mensagem. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório