Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Pousada da Juventude do Porto pode receber casos a partir de domingo

A Pousada da Juventude do Porto pode começar, a partir de 01 de novembro, a receber pessoas com teste negativo à covid-19 que precisem de ser segregadas do núcleo familiar ou instituição por terem testado positivo, foi hoje revelado.

Pousada da Juventude do Porto pode receber casos a partir de domingo
Notícias ao Minuto

17:53 - 27/10/20 por Lusa

País Covid-19

"As instalações da Pousada da Juventude serão disponibilizadas a partir e 01 de novembro para reforçar a estrutura distrital de resposta à covid-19", indicou o gabinete do Secretário de Estado da Mobilidade e coordenador Regional Norte do covid-19, Eduardo Pinheiro.

De acordo com mesma fonte, a coordenação do processo será da Comissão Distrital de Proteção Civil do Porto.

Hoje, numa nota publicada na sua página oficial, o município tinha já garantir ter operacionais um conjunto de respostas reforçadas para neutralizar a evolução da Covid-19, nomeadamente a Pousada da Juventude, que foi proposta como estrutura de retaguarda para receber pessoas com teste negativo, que tivessem de ser separadas de outras, dentro do mesmo núcleo familiar ou instituição que testassem positivo à infeção pelo novo coronavírus.

"Essa proposta foi agora acolhida pelo Ministério da Saúde, estando pronta a ser operacionalizada. Para manter a estrutura, o Município do Porto está disponível a apoiar com uma verba mensal de 50 mil euros", lê-se no texto.

Ainda durante o mês de novembro, vai ser também alargada a resposta dos Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) do Porto Ocidental na área dedicada às doenças respiratórias.

À Lusa, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte revelou que a antiga Escola Básica António Aroso, cedida pela Câmara do Porto para reforçar a resposta, deverá estar operacional durante o mês de novembro, após obras de adaptação.

De acordo com a informação prestada pela ARS Norte, o edifício terá de sofrer obras de adaptação para que possa funcionar como um "centro de saúde provisório" reforçando a resposta naquela zona da cidade.

A Câmara do Porto aprovou, por unanimidade, na segunda-feira, em reunião do executivo, a cedência, por meio ano, das instalações da antiga Escola Básica António Aroso à ARS Norte, para alargamento da Área Dedicada aos Doentes Respiratórios no Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) do Porto Ocidental.

Na proposta aprovada em sede de executivo, a maioria municipal indica que a cedência, em regime de comodato, tem a duração de seis meses, período que pode vir a ser prolongado caso a situação epidemiológica persista.

A autarquia assinala ainda que o estabelecimento de ensino foi solicitado pelo ACeS Porto Ocidental que informou a autarquia que tem vindo a debater-se com falta de espaço para o alargamento da capacidade de resposta da sua Área Dedicada aos Doentes Respiratórios.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 43,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.371 pessoas dos 124.432 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório