Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 17º

Edição

Câmara do Funchal ativa plano de contingência após teste positivo

A Câmara do Funchal anunciou hoje ter ativado o seu Plano de Contingência depois de um trabalhador da empresa municipal SocioHabita, que gere o parque habitacional, ter tido um resultado positivo num teste de despiste do novo coronavius.

Câmara do Funchal ativa plano de contingência após teste positivo
Notícias ao Minuto

21:12 - 20/10/20 por Lusa

País Covid-19

"Amara Municipal do Funchal informa que teve conhecimento esta terça-feira, dia 20 de outubro, ao final do dia, por parte do Instituto de Administração de Saúde (IASaúde), de que um trabalhador da empresa municipal SociohabitaFunchal testou positivo à covid-19, tendo ativado o seu Plano de Contingência interno", pode ler-se na nota colocada no portal do município.

Este é o primeiro caso positivo reportado na região no âmbito autárquico, adiantando a Câmara do Funchal que referido trabalhador "já havia efetuado dois testes este mês" que tiveram resultado negativo, "após ter cumprido um período de férias fora da região".

Ainda menciona que o funcionário "auto isolou-se na sua residência desde o passado sábado, dia 17 de outubro, após terem surgido os primeiros sintomas da doença".

"O trabalhador contactou então o IASaúde e ficou a aguardar a realização do teste, o que aconteceu segunda-feira à noite", afirma.

O município do Funchal salienta que logo que "teve conhecimento do caso positivo, foi ativado o plano de contingência interno, mesmo apesar disso já ter acontecido após o final do horário de expediente".

Na mesma informação, assegura que "estão a ser feitas todas as diligências necessárias para ajudar a identificar eventuais contactos ocorridos, em estreita colaboração com o IASaúde".

A Câmara do Funchal indica ainda que "o andar do edifício da SociohabitaFunchal onde o trabalhador em causa exercia as suas funções já foi, entretanto, encerrado", mantendo-se assim quarta-feira para decorrer a "higienização integral do espaço"

O IASaúde reportou hoje três novos casos de covid-19 na Madeira, seis recuperações e 17 situações suspeitas, sublinhando que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 103.

No boletim epidemiológico diário, a autoridade regional de saúde adianta que os novos casos são dois viajantes provenientes da Alemanha e um da região de Lisboa e Vale do Tejo.

A região regista também seis novos casos recuperados nas últimas 24 horas, elevando para 234 o total de pessoas já curadas no arquipélago.

"São 103 os casos ativos, dos quais 95 são casos importados identificados no contexto das atividades de vigilância implementadas no Aeroporto da Madeira e oito são casos de transmissão local", esclarece o IASAÚDE.

Em análise também está o caso positivo detetado numa escola do Funchal, um aluno contaminado por um familiar que se ausentou da Madeira, que colocou duas turmas em isolamento, tendo sido estabelecido uma rede de 31 contactos (companheiros de escola e um professor" que já fizeram o primeiro teste que deu resultado negativo.

Quarta-feira 11 alunos que não foram contactos diretos deste caso positivo também vão fazer o despiste, foi hoje anunciado pelo Governo Regional ao Jornal da Madeira.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 40,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.213 pessoas dos 103.736 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório