Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2020
Tempo
16º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Governo quer rever enquadramento jurídico do Código da Estrada

O Governo quer rever o enquadramento jurídico do Código da Estrada no próximo ano, segundo a proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2021 entregue na segunda-feira à noite na Assembleia da República.

Governo quer rever enquadramento jurídico do Código da Estrada
Notícias ao Minuto

01:48 - 13/10/20 por Lusa

País OE2021

Segundo o documento, em 2021 será promovido "o reforço da fiscalização das condições de segurança das infraestruturas e das infrações por velocidade através da expansão da Rede Nacional de Fiscalização Automática de Velocidade".

Neste contexto, o documento refere que estão previstas iniciativas para aumentar a eficiência do setor, nomeadamente no levantamento das ocorrências dos acidentes rodoviários, no processo contraordenacional e através da revisão do enquadramento jurídico do Código da Estrada.

A proposta do OE indica também que o Governo vai dar início à execução da Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária 2021-2030, que se baseia "no sistema de transporte seguro e na visão zero como eixos fundamentais estruturantes dos objetivos e medidas de prevenção e combate à sinistralidade na rede rodoviária a estabelecer e implementar".

De acordo com o Governo, esta Estratégia encontra-se em alinhamento com as políticas europeias e mundiais de segurança rodoviária, sendo atribuída prioridade ao uso do transporte público e de formas de mobilidade sustentável nas zonas urbanas.

O documento refere ainda que se prevê o desenvolvimento, "em estreita articulação com as autarquias locais, planos e intervenções de mobilidade e segurança nas infraestruturas rodoviárias, integrando e compatibilizando os vários meios de transporte e utilizadores".

A verba prevista na proposta do Orçamento do Estado para 2021 para a segurança interna é de 2.178 milhões de euros, representando um crescimento de 3,5% face à execução orçamental estimada para 2020.

Com a entrega da proposta do Governo inicia-se agora a sua análise e debate, estando prevista a votação final global do documento para 26 de novembro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório