Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Velejador de 81 anos faz viagem de 78 dias entre a Noruega e os Açores

Aventura realizada numa embarcação construída pelo próprio, em compósito de carbono.

Velejador de 81 anos faz viagem de 78 dias entre a Noruega e os Açores

Um velejador solitário sueco, de 81 anos, acaba de terminar com sucesso uma viagem de 78 dias, entre a Noruega e os Açores, numa embarcação de 5.80 metros de comprimento e 1.20 metros de largura, que ele próprio construiu em compósito de carbono.

Conta a RTP Açores, que Sven Yrvind saiu do norte da Noruega no dia 27 de junho e atracou o seu ‘Exlex’ na ilha do Faial, no dia 12 de setembro.

Esta é a terceira vez que o sueco está na cidade da Horta, por isso não hesitou, quando teve de sair da Noruega devido à pandemia da Covid-19.

“Por causa do coronavírus tive de sair do norte da Noruega, depois tive de subir entre as ilhas Faroé e a Islândia, depois descer a oeste da Escócia e atravessei a Baía da Biscaia. Esteve sempre muito frio, tive de dormir em dois sacos de cama, com cobertor e calças térmicas, dois pares. Com o aproximar dos Açores foi melhorando”, contou o idoso ao canal de televisão regional, acrescentando que, devido ao pouco espaço, a comida veio contada e pré-preparada. Uma refeição por dia e face a tempestades nem comia.

“Apenas comia uma vez por dia. O meu corpo já sabe que só come uma vez por dia. Na tempestade e com muito mau tempo, como este, não comia porque tenho gordura aqui e a minha mente sabe que pode viver da minha gordura, dois, três dias ou mais.

Para passar o tempo durante a viagem, além de ler, Sven Yrvind começou a projetar o seu novo veleiro, a partir das linhas de um bote baleeiro.

“Eu gosto de estar no mar, demora alguns dias, mas depois habituamo-nos e depois de um mês esquecemos de tudo o resto. Depois lês os teus livros, agora nos tempos modernos uso um iPad e comprei na Amazon 10 mil livros em sueco, francês, alemão, inglês e também um bloco de notas para fazer os planos do próximo barco e navegação. Também tenho um aparelho que posso enviar e receber mensagens de amigos que me enviam a previsão meteorológica”, revelou.

Sven Yrvind, que já foi homenageado diversas vezes pela coroa sueca, garante que é feliz com a vida que tem e que esta forma de viver não preocupa amigos ou familiares.

“Eles acham bem eu ter coisas para fazer porque muitas pessoas da minha idade sentam-se em frente à televisão com o comando na mão a queixarem-se dos programas que são aborrecidos, queixam-se e não fazem nada. Sobre mim as pessoas dizem ‘o Yrving foi para o mar, construiu o seu barco e já está a pensar no próximo’. E isso é bom para mim”, salientou o velejador sueco.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório