Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2020
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Covid-19: Açores com dois novos casos em São Miguel e um na Terceira

As 1.325 análises realizadas nas últimas 24 horas nos Açores revelaram três novos casos de covid-19, dos quais dois são em São Miguel e um é na ilha Terceira, informa a Autoridade de Saúde Regional.

Covid-19: Açores com dois novos casos em São Miguel e um na Terceira

Os casos detetados na ilha de São Miguel dizem respeito a duas mulheres de 30 e 54 anos, residentes na região.

Um dos casos chegou à região a 17 de setembro e testou positivo no despiste feito à chegada, sendo que o outro "trata-se de um contacto próximo de alto risco de um indivíduo positivo, seu coabitante", que se encontra sintomático.

Já o caso detetado na ilha Terceira é de um homem de 53 anos, residente na região, que desembarcou a 18 de setembro e obteve resultado positivo para infeção pelo novo coronavírus no teste feito à chegada.

"Os casos apresentam situação clínica estável e foram já diligenciados, pelas Delegações de Saúde Concelhias, os procedimentos definidos para caso confirmado, testagem e vigilância de contactos próximos, bem como os inerentes ao aprofundamento da investigação epidemiológica", garante a Autoridade de Saúde Regional.

Desde o início do surto pandémico, foram diagnosticados na região 262 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

Há ainda 45 casos ativos de covid-19, dos quais 35 são na ilha de São Miguel, sete na Terceira, dois no Pico e um na Graciosa.

Morreram 16 pessoas na região, todas em São Miguel, 172 recuperaram e as restantes regressaram ao seu destino de origem.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 953.025 mortos e mais de 30,5 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.899 pessoas dos 68.025 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório