Meteorologia

  • 25 JANEIRO 2021
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

Edição

Jovem atraído para sexo acaba sequestrado e agredido em Cascais

Agressores filmaram ataque, onde, a certa altura, simularam o homicídio da vítima com uma arma de fogo e uma imolação com álcool e fogo.

Jovem atraído para sexo acaba sequestrado e agredido em Cascais

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, esta semana, em Cascais, um homem, de 26 anos, e duas mulheres, de 19 e 27 - há um quarto supeito ainda por identificar - , por sobre eles recaírem fortes indícios da prática de crimes de roubo agravado, sequestro, associação criminosa, burla informática e nas telecomunicações e detenção de arma proibida.

Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, a PJ explica que os detidos, no passado mês de julho, junto com outro homem, orquestraram um plano para se apropriarem dos bens de um homem de 26 anos.

A vítima foi atraída por uma das mulheres, para casa desta, alegadamente, para terem relações sexuais.

Ao chegar ao local, o homem foi imediatamente manientado pelos dois homens que, posteriormente, o agrediram de forma violenta. Durante 15 horas, a vítima permaneceu amarrada e amordaçada.

Os suspeitos chegaram mesmo, segundo a PJ, a simular o homicídio do homem com uma arma de fogo e a regar o mesmo com álcool, simulando a sua imolação.

Toda a situação foi filmada pelos agressores.

Enquanto isso, a vítima foi desapossada de vários bens pessoais de muito valor, como um relógio, tendo sido obrigada a fornecer o código de acesso do seu cartão bancário de débito, o que levou os autores a apropriar-se de vários milhares de euros.

Nas diligências realizadas, os inspetores apreenderam uma pistola de calibre de guerra, devidamente municiada, bem como outros objetos relacionados com os factos.

Os detidos serão presentes, esta quinta-feira, à autoridade judiciária para realização de interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação, tidas por adequadas.

A Polícia Judiciária irá prosseguir a investigação, visando apurar a eventual participação dos ora detidos em outros crimes idênticos, bem como a identificação do restante coautor.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório