Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Morreu bombeiro que ficou ferido no incêndio de Castro Verde

Informação foi revelada pela Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Cuba. Foi decretado luto na instituição.

Morreu bombeiro que ficou ferido no incêndio de Castro Verde

Morreu o Bombeiro Carlos Manuel Lopes Carvalho, que ficou ferido no incêndio de Castro Verde, avançou, esta quinta-feira, a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Cuba, a onde pertencia, nas redes sociais. 

"A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Cuba tem o doloroso dever de comunicar o falecimento do BB3 Carlos Manuel Lopes Carvalho ferido no incêndio de Castro Verde e decretar o luto da instituição", pode ler-se numa nota publicada no Facebook da corporação. 

Os Bombeiros referem ainda que "após uma prolongada luta pela vida que nos fez acreditar que fosse possível continuarmos com o Carlos junto de nós", infelizmente "chegou o momento que nunca desejámos".

"Consola-nos o facto de sabermos que o nosso homem foi um bravo lutador pela vida até ao fim", acrescentam.

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Cuba transmitem ainda os pêsames à família, "nesta hora de grande dor e sofrimento".

De recordar que dois bombeiros ficaram feridos com gravidade no incêndio, ambos da corporação de Cuba. Estes foram transportados de helicóptero um para o Hospital de Santa Maria e o outro para o Hospital de São José, ambos em Lisboa.

O fogo deflagrou no passado dia 13 de julho, com o alerta a ser dado às 17h07.

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, já emitiu uma nota de pesar pelo falecimento de Carlos Carvalho. "Este é um momento de profunda consternação, no qual quero endereçar os meus sentidos pêsames à família, amigos e à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Cuba"

Numa nota enviada às redações, o governante manifesta ainda os "votos de recuperação ao bombeiro Carlos Heleno, também do Corpo de Bombeiros da Cuba, igualmente ferido neste incêndio" e "recorda e enaltece o compromisso e o empenho" das corporações nacionais que "contribuem de forma decisiva para a defesa da floresta contra incêndios e para a salvaguarda de todos os portugueses". 

[Última atualização às 16h14]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório