Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Família de ator Bruno Candé reclama justiça "célere e rigorosa"

A família do ator Bruno Candé Marques, que morreu hoje baleado em Moscavide, concelho de Loures, exigiu "justiça célere e rigorosa" perante um crime que considerou "premeditado e racista".

Família de ator Bruno Candé reclama justiça "célere e rigorosa"
Notícias ao Minuto

22:56 - 25/07/20 por Lusa

País Bruno Candé

Em comunicado, a família do ator, de 39 anos, refere que Bruno Candé Marques "foi alvejado à queima-roupa, com quatro tiros, na rua principal de Moscavide" e que "o seu assassino já o havia ameaçado de morte três dias antes, proferindo vários insultos racistas".

"Face a esta circunstância", a família considera que "fica evidente o caráter premeditado e racista deste crime" e exige que "a justiça seja feita de forma célere e rigorosa".

O comunicado realça que Bruno Candé Marques era ator da companhia de teatro Casa Conveniente desde 2010, tendo participando em telenovelas. Deixa três filhos menores, de 7, 5 e 3 anos de idade.

Sem mencionar a identidade da vítima, a PSP informou que um homem morreu hoje, após ter sido baleado em várias partes do corpo, por outro homem, aparentando 80 anos, na Avenida de Moscavide, em Moscavide, Loures.

O suspeito foi detido e a arma de fogo apreendida.

Em comunicado, a associação SOS Racismo reclamou que a "justiça seja feita" contra um "crime com motivações de ódio racial".

O alerta para a situação de disparos na avenida de Moscavide ocorreu pelas 13:20, e quando a Polícia de Segurança Pública (PSP) chegou ao local encontrou "um homem que tinha sido baleado em várias zonas do corpo por outro homem".

Os populares indicaram, às televisões, que havia um desentendimento por causa de uma cadela que Bruno usava como guia desde que esteve envolvido num acidente que o deixou com sequelas. De acordo com o testemunhos, a família da vítima queixava-se há dias de insultos racistas por parte do agressor, que procurava Bruno nos cafés da zona. O animal, que estava com o dono, está desaparecido desde o homicídio.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório