Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2020
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

Lisboa na "zona vermelha" da Bélgica. Imposta quarentena no regresso

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Bélgica determinou que quem chegue ao país a partir de Lisboa terá de ficar sujeito a quarentena. Já para quem viaje para a Bélgica a partir de outros pontos do país, sugere-se que seja feita uma quarentena e um teste, mas não são obrigatórios.

Lisboa na "zona vermelha" da Bélgica. Imposta quarentena no regresso

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Bélgica revelou, esta quinta-feira, as condições aplicadas para quem regresse ao país, no âmbito da mitigação da Covid-19. Lisboa ficou na chamada "zona vermelha", sendo que quem regresse à Bélgica, a partir da capital portuguesa, está obrigado a fazer quarentena.

A quem regresse ao país de outros pontos de Portugal é sugerido que realize uma quarentena e que faça um teste de despiste à Covid-19, não sendo porém obrigatório, como esclareceu a Embaixada da Bélgica em Portugal ao Notícias ao Minuto. 

Esta é, saliente-se, apenas a interpretação da Embaixada belga quanto aos dados divulgados, já que aguarda indicações oficiais.

A informação divulgada pelo governo belga esta quinta-feira é acompanhada de um 'semáforo' (que pode consultar aqui), sendo que na "zona verde" estão incluídos países como a Alemanha, a França, a Hungria, a Itália e o Luxemburgo. Para estes países, as viagens são "possíveis". 

Já na "zona laranja", para além de Portugal, figuram outros países como o Chipre, a Dinamarca e a Espanha. Para estes países, as viagens estão autorizadas, mas sugere-se a realização de quarentena e de teste ao novo coronavírus

Nesta "zona laranja" há, porém, exceções, como é o caso de Lisboa. Também quem regressar à Bélgica a partir das cidades espanholas de Lérida e de La Mariña é obrigado a fazer quarentena. Ou seja, apesar de Portugal e de Espanha estarem na "zona laranja", são abertas exceções para três cidades, aplicando-se critérios distintos. 

Por fim, as viagens são proibidas para a Finlândia, a Irlanda, Malta e a Noruega. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório