Meteorologia

  • 13 AGOSTO 2020
Tempo
28º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

PJ apanha ladrão do 'Museu do Ouro' que estava em fuga há três anos

Homem é "considerado perigoso e violento".

PJ apanha ladrão do 'Museu do Ouro' que estava em fuga há três anos
Notícias ao Minuto

11:30 - 09/07/20 por Notícias Ao Minuto 

País Museu do Ouro

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, esta quarta-feira, o ladrão da ourivesaria 'Museu do Ouro' que estava em fuga de uma prisão galega há três anos.

De acordo com um comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, o homem, "considerado perigoso e violento" foi condenado pelo Tribunal de Viana do Castelo, pelo cometimento de um crime falsificação ou contrafação de documento, dois crimes de homicídio qualificado (na forma tentada), três crimes de ofensa à integridade física qualificada, um crime de detenção de arma proibida e um crime de roubo.

Os factos reportam-se a setembro de 2007, quando um grupo de indivíduos "fortemente organizado e armado", conta a PJ, irrompeu pela ourivesaria 'Museu do Ouro', em Viana do Castelo, roubando vários objetos em exposição, cujos prejuízos foram quantificados em várias centenas de milhares de euros.

Entretanto o grupo de cinco indivíduos foi detido, julgado e condenado a penas de prisão superiores a 19 anos, mas, posteriormente, reduzidas para 14 anos e 6 meses em sede de recurso para os Tribunais Superiores.

Já o homem em causa, agora detido, é natural de Paços de Ferreira, tem 39 anos e encontrava-se em fuga da cadeia galega de 'A Lama', da Província de Pontevedra, em Espanha, depois de lhe ter sido concedida saída precária, em 2017, da qual não regressou.

Leia Também: Detido suspeito de assalto a carrinha de transporte de valores no Seixal

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório