Meteorologia

  • 05 AGOSTO 2020
Tempo
33º
MIN 19º MÁX 34º

Edição

"Dia de despedida". Chefe de epidemiologia e estatística deixa a DGS

Rita Sá Machado vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas.

"Dia de despedida". Chefe de epidemiologia e estatística deixa a DGS

Rita Sá Machado, chefe da divisão de epidemiologia e estatística da Direção-Geral da Saúde (DGS), vai abandonar o cargo. Numa mensagem publicada no Twitter, no passado dia 30 de junho, a especialista referiu que se tratava de um "dia de despedida" e de "reflexão". 

"Obrigada @DGSaude por todos os bons e maus momentos, obrigada pelos desafios... mas sobretudo, obrigada por me mostrares a importância de termos uma casa da Saúde Pública isenta e forte [Vamos construir isso?]", foi a mensagem de Rita Sá Machado. 

De acordo com o Observador, a responsável “vai integrar a equipa missão permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas (ONU), em Genebra".

Esta saída terá sido "programada", revelou ainda fonte da DGS à publicação. Garantiu ainda que não houve conflito com a entidade e que a saída ocorre por ter recebido uma "proposta irrecusável". 

De recordar que ontem, em entrevista à RTP, a ministra da Saúde, Marta Temido, considerou que a situação de Lisboa e Vale do Tejo em relação à Covid-19 nos deixa em "sobressalto, que não nos deixa estar tranquilos", mas recusou a ideia de que a pandemia esteja descontrolada.

Já sobre as críticas de Fernando Medina ao trabalho de chefias de saúde, a governante afirmou que, "ao longo destes quatro meses, o Ministério, as autoridades de Saúde e a Direção-Geral da Saúde têm sido objeto de muita atenção, muito escrutínio e muitos reparos".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório