Meteorologia

  • 29 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 29º

Seis militares ajudam em lar de Reguengos de Monsaraz

O Exército destacou seis militares que estão, desde domingo, a dar apoio ao lar de Reguengos de Monsaraz, Évora, onde foi detetado um surto de covid-19, informou hoje o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

Seis militares ajudam em lar de Reguengos de Monsaraz
Notícias ao Minuto

12:18 - 22/06/20 por Lusa

País Covid-19

A equipa de seis militares é composta por um médico, um enfermeiro, um socorrista e três militares para apoio, provenientes do Centro de Saúde Militar de Évora e do Regimento de Cavalaria n.º 3, segundo um comunicado do EMGFA.

Este pedido abrange o apoio logístico, de saúde e avaliação de processo de desinfeção das instalações do lar, ainda segundo o comunicado.

O apoio foi pedido ao EMGFA pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

As escolas e creches de Reguengos de Monsaraz estão encerradas "por precaução" a partir de hoje, anunciou o presidente do município, onde foi detetado um surto de covid-19 num lar com 62 casos de infeção confirmados.

Quatro dos idosos que testaram positivo para a covid-19 foram transportados por precaução para o Hospital do Espírito Santo, em Évora, e um deles já teve alta.

Os restantes utentes infetados encontram-se sob vigilância no lar ou em casas de familiares, enquanto os funcionários que testaram positivo estão em isolamento nas suas residências.

Em Portugal, morreram 1.530 pessoas das 39.133 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório