Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2020
Tempo
17º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

"Não podemos nunca estar descansados. O vírus circula a nível planetário"

O Secretário de Estado e da Saúde, a Diretora-Geral da Saúde e o Presidente da Comissão de Acompanhamento da Resposta Nacional em Medicina Intensiva para a Covid-19 conduzem hoje a conferência de imprensa sobre o novo coronavírus.

"Não podemos nunca estar descansados. O vírus circula a nível planetário"

A conferência de imprensa diária de atualização de informação relativa à infeção pelo novo coronavírus conta hoje com a presença do Secretário de Estado e da Saúde, António Lacerda Sales, a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, e com o Presidente da Comissão de Acompanhamento da Resposta Nacional em Medicina Intensiva para a Covid-19, João Gouveia.

Portugal registou nas últimas 24 horas 283 novos casos e sete óbitos, divulgou hoje o Secretário de Estado e da Saúde, durante a conferência de imprensa.

António Lacerda Sales deu início à conferência com a "boa notícia" de que "mais de 83% dos profissionais de saúde infetados pela Covid-19 já recuperaram da doença", o que correspondem a mais 2.900 profissionais.

Quanto à situação na região de Lisboa e Vale do Tejo, o secretário de Estado e da Saúde refere que já foram executados mais de 14 mil testes, sendo que "cerca de 95% tiveram resultados negativos e 5% positivos". Dos 731 casos positivos, muitos já estão considerados nos boletins epidemiológicos, o que tem contribuído para o aumento de casos nesta região, esclarece. 

Surto em bairro piscatório em Espinho?

"De facto é um pequeno surto, que ocorreu a partir de um caso, de um pescador", explicou a Diretora-Geral da Saúde, referindo que os casos que daí resultaram, "são da sua habitação e pessoas que frequentam o café".

De acordo com Graça Freitas, tudo indica que este "será um surto circunscrito", tendo já sido realizados 54 testes, dos quais 14 deram positivo. "Obviamente as autoridades de saúde estão a investigar este surto e a identificar possíveis contactos. As pessoas positivas e os contactos próximos vão ficar em confinamento", garante.

Confinamento de bairros em Pequim? "Não podemos nunca estar descansados"

A mais recente decisão das autoridades chinesas em confinar, de urgência, onze bairros de Pequim, na China, devido a um novo foco de coronavírus, foi uma das questões abordadas durante a conferência, algo a que Diretora-Geral da Saúde respondeu que "é com preocupação" que assiste a esse momento, mas não com surpresa.

"Essa é a preocupação de todos nós, estamos numa pandemia. Há focos e pandemias localizadas que têm sido mais ou menos controladas e depois sofrem um retrodecimento. Não podemos estar, nunca, descansados, o vírus circula a nível planetário", explica Graça Freitas, referindo novamente o exemplo da mola. "A situação está controlada, mas sempre que levantamos a mão da mola um bocadinho, o vírus circula".

Casos em voos que chegam a Portugal

Questionado sobre o número de casos de infeção registados em voos que chegam ao país, Graça Freitas não soube precisar, mas admitiu "que é frequente".

"Não sei dizer exatamente quantos casos foram detetados, mas sei que é frequente a minha colega [da Direção-Geral da Saúde] identificar um ou dois casos em determinados voos", indicou a diretora-geral da Saúde.

"Não é em todos, mas não é uma situação rara, acontece com alguma frequência", referiu.

Recordando que a aterragem e partida de voos em Portugal "nunca foi interrompida", tendo apenas sido realizada com "menor fluxo" dadas as medidas restritivas aplicadas por causa da Covid-19, Graça Freitas anunciou que "as novas medidas vão ser implementadas gradualmente", referindo-se a questões como a medição da temperatura corporal e a um rastreio feito de forma digital.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório