Meteorologia

  • 08 JULHO 2020
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Os carros e a casa de Christian B., o alemão suspeito no caso Maddie

Polícias britânica e alemã divulgaram imagens da habitação e dos veículos ligados ao homem que poderá estar relacionado com o desaparecimento da menina da Praia da Luz, no Algarve, em 2017.

As polícias britânica e alemã divulgaram imagens dos dois veículos e da casa que estarão ligados ao homem alemão suspeito de poder estar ligado ao desaparecimento de Madeleine McCann da Praia da Luz, no Algarve, em 2007. De acordo com a revista alemã Der Spiegel, o suspeito chama-se Christian Brueckner.

A polícia britânica, em simultâneo com a polícia alemã, lançou, esta quarta-feira, um novo apelo público de informação sobre um homem alemão, suspeito de envolvimento no desaparecimento.

Este estará detido na Alemanha - por alegadamente ter violado uma idosa americana em setembro de 2005, no mesmo resort do qual Maddie desapareceu, conta a imprensa estrangeira - mas esteve a viver em Portugal na altura em que tudo aconteceu. 

Atualmente com 43 anos - e a cumprir pena de prisão na Alemanha - terá vivido no Algarve durante períodos entre 1996 e 2007, e registos telefónicos colocam-no na área da Praia da Luz no dia em a criança inglesa desapareceu. 

Notícias ao MinutoChristian Brueckner© Reprodução

A Metropolitan Police, que está a investigar o desaparecimento numa investigação designada por 'Operação Grange', identificou uma carrinha caravana branca de marca Volkswagen que o suspeito usou para viver e também um automóvel Jaguar ao qual teria acesso. 

A polícia inglesa identificou ainda dois números de telemóvel, um usado pelo suspeito e que terá recebido uma chamada entre as 19h32 e 20h02 de 3 de maio na zona da Praia da Luz, e outro que iniciou o telefonema e que poderá ser uma "testemunha altamente significativa".

De apontar que, já esta quinta-feira, o Ministério Público de Braunschweig, na Alemanha, assumiu que Madeleine Mccan, desaparecida em 2007 no Algarve aos 3 anos de idade, está morta. "Gostava de começar por dizer que na investigação do desaparecimento da criança britânica Madeleine Mccan, com 3 anos, da Praia da Luz, no Algarve, assumimos que a menina está morta," afirmou Christian Wolters, procurador e porta-voz, durante uma declaração à imprensa sem direito a perguntas.

Veja as imagens na galeria acima. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório