Meteorologia

  • 07 AGOSTO 2020
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 33º

Edição

"Jovens são o novo grupo de infetados aqui em Lisboa e Vale do Tejo"

A ministra da Saúde, Marta Temido, indicou este domingo que os mais jovens terão que ser o novo foco de comunicação da tutela, uma vez que são "o novo grupo de infetados" na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde têm surgido o maior número de casos a nível nacional.

"Jovens são o novo grupo de infetados aqui em Lisboa e Vale do Tejo"

A ministra da Saúde, que está este domingo a reunir com autarcas da região de Lisboa e Vale do Tejo, fez algumas declarações aos jornalistas depois do encontro com o presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta. Marta Temido não deu indicações específicas sobre as medidas discutidas com o autarca, mas deixou indicação de que são os mais jovens a principal preocupação da tutela no que diz respeito à evolução epidemiológica na região.

"Precisamos de comunicar com públicos mais jovens, que são o novo grupo de infetados aqui em Lisboa e Vale do Tejo", disse, explicando que a "doença tende a ser mais ligeira em termos de sintomas" neste grupo. "Por favor, se tiverem sintomas, fiquem em casa", alertou.

Sem especificar as medidas que foram discutidas em reunião com o autarca de Sintra, onde também estariam outras entidades municipais, de Segurança Social e de Saúde pública, a governante adiantou que a "estratégia vai ser alinhada com aquilo que foi conversado de manhã, na conferência da Direção-geral de Saúde", no sentido de "continuar a trabalhar, reforçar a  intervenção, quebrar as cadeiras de transmissão".

A responsável pela pasta da Saúde fez um apelo direto às "pessoas lá em casa", admitindo que "é possível fazer algumas atividades mas com algum cuidado, com alguma cautela", acrescentando que "se as pessoas tiverem sintomas não devem ir trabalhar".

Sobre a questão de Sintra, em particular, Marta Temido não identificou quais as freguesias que, neste momento, são mais problemáticas mas concedeu que há "várias freguesias onde há maior incidência", enumerando apenas os "sítios mais povoados, onde há mais concentração de pessoas". Sublinhando que tudo tem que ser feito "com muito cuidado", assegurou que "estamos no caminho certo".

Este foi o segundo dia de encontros entre a ministra e as entidades municipais para debater melhores formas de controlar o surto de Covid-19 em Lisboa e Vale do Tejo, onde foram já diagnosticados 11.142 casos de infeção.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório