Meteorologia

  • 10 JULHO 2020
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Associação de Coimbra abre fundo para secções culturais e desportivas

A Associação Académica de Coimbra (AAC), em parceria com o banco Santander, disponibilizou um fundo de 20 mil euros para secções culturais e desportivas e núcleos de estudantes, para fazer face a dificuldades financeiras provocadas pela pandemia.

Associação de Coimbra abre fundo para secções culturais e desportivas
Notícias ao Minuto

11:31 - 31/05/20 por Lusa

País Associação Académica

"A direção-geral da Associação Académica de Coimbra, numa parceria com o Santander Portugal, disponibilizou a todas as estruturas, nomeadamente seções culturais e desportivas, bem como aos núcleos de estudantes, um fundo de 20 mil euros, com o objetivo de desenvolver atividades de combate à atual pandemia e promover a retoma do seu normal funcionamento", anunciou hoje a associação, em nota enviada à agência Lusa.

De acordo com a nota, o regulamento para o fundo de emergência agora criado vai ser disponibilizado a todas as estruturas da AAC e estará aberto até 19 de junho.

A AAC salienta que "não é alheia" às consequências da pandemia no país e no mundo, tendo sofrido "pesadas e severas consequências financeiras".

"A falta de atividade e o cancelamento de inúmeras outras levaram a que as dificuldades financeiras fossem uma realidade inevitável", realçou.

A parceria com o banco Santander "é extremamente importante para as secções e para os núcleos, não esquecendo que o facto de não poderem ter atividades correntes teve um grande impacto para estes", afirmou o presidente da AAC, Daniel Azenha, citado na nota de imprensa.

"Este fundo de emergência tem também o propósito de restabelecer o habitual funcionamento da AAC em prol dos estudantes, assim como a promoção de atividades culturais e desportivas, de acordo com as normas sanitárias estabelecidas pela DGS [Direção-Geral da Saúde] e pelo Governo", acrescentou.

A doença covid-19 é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Portugal regista 1.396 mortes relacionadas com a covid-19, e 32.203 infetados, segundo o boletim epidemiológico divulgado no sábado pela Direção-Geral da Saúde.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório