Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Madeira sem novos casos e assume custo do teste à chegada aos aeroportos

O Governo da Madeira vai assumir o custo do teste à covid-19, obrigatório para todos os passageiros desembarcados no arquipélago a partir de julho, indicou hoje o secretário da Saúde, quando a região assinala 16 dias consecutivos sem novas infeções.

Madeira sem novos casos e assume custo do teste à chegada aos aeroportos
Notícias ao Minuto

19:48 - 22/05/20 por Lusa

País Covid-19

"Todo o projeto está a ser planeado, uma vez que assumimos a responsabilidade dos custos, porque a Madeira é uma região de turismo, é uma região segura e, naturalmente, por querer continuar segura e de confiança, tem de transmitir essa mesma confiança e segurança a todos aqueles que nos visitam", afirmou Pedro Ramos, em videoconferência, no Funchal.

O arquipélago da Madeira mantém o total de 90 casos de covid-19 pelo 16.º dia consecutivo, já com 67 casos recuperados, mais dois do que na quinta-feira, sendo que os 23 doentes ativos se encontram em hotéis e no domicílio, sem necessidade de cuidados hospitalares.

As autoridades preparam, agora, o processo de normalização das ligações aéreas, com a obrigatoriedade de apresentação ou realização de um teste à covid-19 à chegada aos aeroportos da Madeira e do Porto Santo.

"O custo de um teste é de 139,90 euros", disse o secretário da Saúde, indicando que a região vai assumir a despesa e também montar uma estrutura que implica a contratação de dois técnicos de diagnóstico e quatro enfermeiros.

"Aquilo que podemos dizer, neste momento, é que a forma como vamos organizar a resposta no aeroporto e nas unidades hoteleiras será de modo a minimizar o tempo de espera pelo resultado do teste", declarou.

Até à data, foram notificados 1.541 casos suspeitos de covid-19 na região autónoma, mas apenas 90 foram declarados positivos.

Em Portugal, morreram 1.289 pessoas das 30.200 confirmadas como infetadas, e há 7.590 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 330 mil mortos e infetou mais de 5,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,9 milhões de doentes foram considerados curados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório