Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

"Vamos gradualmente começar a encarar o aligeiramento das fronteiras"

O ministro da Administração Interna admitiu hoje que está a ser equacionada a hipótese de suavizar as restrições de circulação entre Portugal e outros países.

"Vamos gradualmente começar a encarar o aligeiramento das fronteiras"

O ministro da Administração Interna admitiu, na manhã desta sexta-feira, que está a ser equacionada a hipótese de amenizar as restrições de circulação entre Portugal e outros países, 

De visita ao Centro de Cooperação Policial e Aduaneira de Vilar Formoso, Eduardo Cabrita anunciou que Portugal está numa nova fase.

"Estamos numa nova fase em que vamos gradualmente começar a encarar o aligeiramento dos controlos fronteiriços", começou por dizer, adiantando que, em questão, estão "quer as fronteiras áreas, quer as terrestres".

Ainda sobre este assunto, o governante salientou que a retoma de circulação de pessoas, junto às fronteiras, também é importante para "animar" a economia local, mas recordou que é necessário não esquecer as regras de "distanciamento social e etiqueta respiratória".

De acordo com estas declarações, o Governo pondera assim alterar o facto de as fronteiras estarem sob controlo até dia 15 de junho, como estava decidido.

Além disso, o governante sublinhou que, perante os resultados positivos das fases de desconfinamento e do comportamento dos portugueses, os emigrantes vão poder gozar "o seu verão em Portugal" e anunciou que o Executivo está a ponderar abrir mais dois pontos de passagem - em Montalegre e Barrancos-, por serem zonas afastadas dos locais de passagem autorizada, que serão abertos apenas durante “algumas horas do dia”.

Eduardo Cabrita aproveitou o momento para realçar "o profissionalismo dos militares da GNR e os inspetores do SEF que conseguiram, em poucas horas, montar um sistema que tem funcionado com muita eficácia ao longo de dois meses". 

Leia Também: AO MINUTO: Adeus, hora de ponta?;"Há quem tenha ficado sem nada, zero"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório