Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Covid-19: "Vítimas de violência doméstica não estão sozinhas"

A Rede Nacional de Apoio "está a funcionar e pronta a responder a todos os pedidos", vincou o Governo.

Covid-19: "Vítimas de violência doméstica não estão sozinhas"

O gabinete de Mariana Vieira da Silva, ministra de Estado e da Presidência, divulgou uma nota, esta terça-feira, na qual reforça o combate à violência doméstica, tendo em conta em particular o período de confinamento devido à pandemia da Covid-19. 

"Nesta época de isolamento social, é importante lembrar que as vítimas de violência doméstica não estão sozinhas", ressalva uma publicação divulgada na página oficial no Twitter da Presidência do Conselho de Ministros. 

É ainda sublinhado que a Rede Nacional de Apoio "está a funcionar e pronta a responder a todos os pedidos".

"Se é vítima ou conhece quem seja, peça ajuda", reforça a mesma nota. 

É de recordar que, como anunciou a secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade Rosa Monteiro esta semana, existe um novo número para envio de 'SMS' - 3060 - para pedir ajuda em caso de violência doméstica.

Este novo instrumento de apoio que pretende contornar limitações da linha telefónica e do e-mail já existentes, como o facto de muitas mulheres não terem acesso a email ou um telefonema poder colocar as mulheres numa situação de alguma vulnerabilidade se viverem com o agressor e não tiverem liberdade para falar abertamente. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório