Meteorologia

  • 31 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

40 militares das GNR em operação stop na portagem dos Carvalhos em Gaia

Quarenta militares da GNR apoiados por 12 viaturas, três motorizadas e três brigadas cinotécnicas estão desde as 15:00 nas portagens dos Carvalhos, em Vila Nova de Gaia, a controlar os veículos que circulam no sentido Sul/Norte.

40 militares das GNR em operação stop na portagem dos Carvalhos em Gaia
Notícias ao Minuto

15:57 - 29/03/20 por Lusa

País Covid-19

A iniciativa insere-se numa operação de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, explicou à Lusa o porta-voz da GNR, capitão Francisco Martins.

Por forma a controlar as viaturas, apenas dois pórticos das portagens na A1 estão abertos, sendo as viaturas, assim que os atravessam, conduzidas na direção de militares da GNR que, de luvas e máscaras e cumprindo uma distância de segurança de cerca de dois metros, solicitam aos condutores justificações para estarem a circular.

"Caso não apresentem justificação prevista na lei do estado de emergência os condutores são convidados a regressar às suas casas, devendo fazê-lo saindo da autoestrada no nó de Grijó [cerca de dois quilómetros à frente]", disse à Lusa o porta-voz.

Francisco Martins confirmou que a operação stop em curso decorre com a GNR "já em posse da Lista de Cidadãos com Dever de Isolamento", que se encontra "no Centro Operacional da GNR" e que será consultada "caso o comportamento do condutor levante suspeitas ou este viaje num carro com matrícula estrangeira", acrescentou o militar.

O dispositivo conta ainda com um drone enquanto num dos carros é repetido de forma exaustiva um aviso sonoro para que "os cidadãos fiquem em casa" e que a desobediências "constitui crime".

A operação vai decorrer até às 19:00 e, neste período, apenas as ambulâncias não serão abordadas pela GNR, informou o porta-voz.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 119 mortes, mais 19 do que na véspera (+19%), e registaram-se 5.962 casos de infeções confirmadas, mais 792 casos em relação a sábado (+15,3%).

Dos infetados, 486 estão internados, 138 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório