Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2020
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 24º

Edição

Terceiro centro do Algarve para rastreio da Covid-19 abre em Portimão

A Câmara de Portimão anunciou hoje que disponibilizou todas as condições logísticas para que um centro de rastreio de despistagem da covid-19, em sistema 'drive-thru', possa entrar em funcionamento a partir de hoje no Portimão Arena.

Terceiro centro do Algarve para rastreio da Covid-19 abre em Portimão

"A ampliação desta capacidade de realizar testes é fundamental e, por isso mesmo, em menos de 24 horas a Câmara encetou uma operação logística para estabelecer todas as condições para que seja operacionalizado um centro de rastreio móvel", indicou a presidente da autarquia, Isilda Gomes, citada num comunicado enviado à imprensa.

Segundo a autarca do município do distrito de Faro, o centro de rastreio irá funcionar em modelo 'drive-thru', ou seja, as pessoas não necessitam de sair do automóvel para efetuar a análise, sendo "o atendimento efetuado através da janela da viatura".

O posto para a despistagem da covid-19 em Portimão será o terceiro a ser instalado no Algarve, depois de ter entrado em funcionamento na passada segunda-feira um centro junto ao Estádio Algarve, entre os concelhos de Faro e de Loulé, e anunciado um outro para esta semana no concelho de Silves.

Isilda Gomes adiantou que a entidade parceira no projeto, o Algarve Biomedical Centre (ABC) prevê que o rastreio para despistagem da doença esteja "tecnicamente pronto a operar ainda esta semana, com profissionais devidamente qualificados".

Portimão foi o primeiro concelho do Algarve a registar infeções pelo novo coronavírus, registando-se até ao momento um total de 12 casos de infetados, segundo dados avançados pela autarca.

Isilda Gomes alertou "para a continuação do aumento de casos ao longo dos próximos dias, quer por via da propagação da covid-19, quer pela realização de mais testes de confirmação de diagnóstico".

A presidente da Câmara indicou que, além das ações de desinfeção dos espaços e equipamentos públicos do concelho, "os esforços estão a ser dirigidos para garantir respostas no apoio à área social e da saúde".

O novo coronavírus responsável pela pandemia de covid-19 foi detetado em dezembro na China e já infetou mais de 428.000 pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 19.000 morreram.

O continente europeu é atualmente o que regista maior número de novos casos, 226.000, sendo Itália o país com mais vítimas mortais em todo o mundo. Contabiliza 6.820 mortos em 69.176 diagnósticos positivos e, desses infetados, mais de 7.000 já foram dados como curados pelas autoridades.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde indicou hoje que o surto de covid-19 já provocou 43 mortes e 2.995 infetados.

Dada a evolução da pandemia, a 17 de março o Governo declarou o estado de calamidade pública no concelho de Ovar e, desde as 00:00 do dia 19 que todo o país se encontra em estado de emergência, o que vigorará até às 23:59 do dia 02 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório