Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2020
Tempo
17º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Prisão preventiva para alegado homicida da mulher em Famalicão

O Tribunal de Guimarães aplicou prisão preventiva a um homem de 44 anos suspeito de ter matado a mulher, na segunda-feira, em Famalicão, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ) de Braga.

Prisão preventiva para alegado homicida da mulher em Famalicão

Em comunicado, a PJ refere que o arguido é suspeito da prática de homicídio qualificado consumado e violência doméstica.

A PJ refere que os crimes ocorreram durante o início da manhã de segunda-feira e tiveram início após uma "altercação" entre o casal no interior da sua habitação, em Ribeirão, concelho de Vila Nova de Famalicão.

"O homicídio foi consumado pelo autor através de asfixia da vítima, e ocorreu numa habitação sita noutra freguesia [Fradelos] do mesmo concelho, para onde o arguido, numa viatura automóvel, transportou a vítima, após a ter inanimado", acrescenta.

A vítima tinha 35 anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório