Meteorologia

  • 16 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º

Estremoz suspende atendimento presencial e fecha edifícios municipais

A Câmara de Estremoz, no distrito de Évora, decidiu suspender totalmente o atendimento presencial ao público, apresentando como alternativa o recurso a telefone e correio eletrónico, devido à pandemia de covid-19, foi hoje divulgado.

Estremoz suspende atendimento presencial e fecha edifícios municipais
Notícias ao Minuto

11:14 - 23/03/20 por Lusa

País Covid-19

O município indica, em comunicado enviado à agência Lusa, que além da suspensão do atendimento presencial, decidiu encerrar todos os edifícios municipais ao público, mantendo em funcionamento limitado e sem atendimento presencial os serviços considerados essenciais, no quadro da situação epidemiológica.

A informação acerca dos contactos dos serviços de atendimento ao público não presencial é disponibilizada à entrada e no exterior dos edifícios municipais, assim como na página do município na internet (www.cm-estremoz.pt), refere o comunicado.

Segundo a autarquia, o pagamento de faturas já emitidas de fornecimento de água e outros serviços deve ser efetuado preferencialmente por débito bancário, transferência bancária, multibanco ou pagamento de serviços 'online'.

Caso os munícipes não consigam efetuar o pagamento das faturas desta forma e dentro do prazo estipulado, o pagamento pode ser efetuado presencialmente, apenas em data a definir, em função da evolução da situação epidemiológica.

O município adianta ainda que o cemitério municipal está encerrado ao público durante o período de estado de emergência, exceto para a realização de funerais, sendo neste caso o acesso limitado a um máximo de 100 pessoas em simultâneo, devendo as mesmas adotar uma atitude de distanciamento social e manter a distância mínima de segurança.

Estas medidas, refere a autarquia, vão manter-se até ao dia 05 de abril, podendo este período ser alterado em função da evolução epidemiológica da situação da covid-19 a nível local, regional e nacional, ou tendo em conta a adoção de outras medidas de contenção por parte do Governo, incluindo a eventual prorrogação da declaração do estado de emergência.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 324 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 14.300 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro de 2019, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, há 14 mortes e 1.600 infeções confirmadas. O país encontra-se em estado de emergência desde as 00h00 de quinta-feira e até às 23h59 de 2 de abril.

Além disso, o Governo declarou na terça-feira o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório