Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Câmara de Castelo Branco disponibiliza apoio para compra de ventiladores

A Câmara de Castelo Branco disponibilizou todo o apoio e disponibilidade financeira à Unidade Local de Saúde (ULS) para adquirir ventiladores e outros equipamentos que sejam necessários para garantir a saúde dos munícipes, foi hoje anunciado.

Câmara de Castelo Branco disponibiliza apoio para compra de ventiladores
Notícias ao Minuto

16:38 - 20/03/20 por Lusa

País ventiladores

"No que respeita aos cuidados de saúde, demonstramos total disponibilidade para apoiar a Unidade Local de Saúde de Castelo Branco em tudo o que for necessário, havendo disponibilidade financeira para adquirir ventiladores e outros equipamentos que sejam necessários para garantir a saúde dos nossos munícipes", explica, em comunicado, o presidente do município local, Luís Correia.

Numa mensagem dirigida aos munícipes albicastrenses no dia em que Castelo Branco comemora os 249 anos de elevação a cidade, o autarca afirma que o dia é de celebração, "uma celebração que, tendo em conta a situação em que vive, não contará com as comemorações habituais".

Luís Correia sublinha ainda que a autarquia disponibilizou duas linhas de apoio aos munícipes, uma para a entrega de alimentos e medicamentos (272 330 356) e outra para prestar apoio ao nível social e psicológico (272 330 357).

"Apelo, por isso, aos albicastrenses, para que mantenham a conduta que os tem caracterizado, em isolamento social, com deslocações à rua limitadas ao máximo possível, respeitando as distâncias de segurança e, fundamentalmente, respeitando a vida do outro e agindo com serenidade", frisou.

Deixou ainda uma palavra de "conforto e profunda gratidão" aos empresários, às juntas de freguesia e a todos os profissionais de saúde, forças de segurança, Proteção Civil, Bombeiros, Instituições de Apoio Social e funcionários do município, "que continuam excecionalmente no combate a esta ameaça".

A Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção no país para 1.020, mais 235 do que na quinta-feira.

O número de mortos no país subiu para seis.

Dos casos confirmados, 894 estão a recuperar em casa e 126 estão internados, 26 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

O boletim divulgado pela DGS assinalava 7.732 casos suspeitos até quinta-feira, dos quais 850 aguardavam resultado laboratorial.

Das pessoas infetadas em Portugal, cinco recuperaram.

De acordo com o boletim, há 9.008 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório