Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
21º
MIN 13º MÁX 21º

Homem que fugiu do hospital de Coimbra incorre no crime de desobediência

O homem de 37 anos infetado com o novo coronavírus, que fugiu na segunda-feira do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e que foi intercetado pela PSP, incorre no crime de desobediência, revelou hoje aquela força policial.

Homem que fugiu do hospital de Coimbra incorre no crime de desobediência
Notícias ao Minuto

12:41 - 18/03/20 por Lusa

País Covid-19

Em resposta escrita enviada à agência Lusa, o gabinete de Imprensa e Relações Públicas da Direção Nacional da PSP esclarece que "a intervenção policial decorreu da desobediência [do doente] à ordem de autoridade de saúde para se submeter a tratamento médico/não se ausentar da unidade de saúde".

Na nota, a PSP ressalva que cabe agora à autoridade judiciária "proceder à tipificação" da conduta do homem, que foi constituído arguido e sujeito a termo de identidade e residência, depois de ter sido novamente conduzido ao hospital.

A PSP revelou ainda que o homem é "oriundo do distrito de Aveiro" e que foi intercetado na estação de caminhos-de-ferro de Coimbra-B, "após se ter ausentado" do CHUC, cerca das 20:00 de segunda-feira, alegadamente para regressar a casa de comboio.

Em comunicado divulgado na terça-feira, o comando da PSP de Coimbra revelava que foram "acionados todos os meios" para localizar o fugitivo, que foi "prontamente encontrado numa estação ferroviária, preparando-se para iniciar viagem ate à sua área de residência".

Porém, no mesmo comunicado, intitulado "ausência ilegítima de doente", a PSP não explicitava pormenores do caso, como a identificação da unidade hospitalar, a estação de comboios onde foi intercetado ou o local de residência.

Acrescentava apenas que durante a operação policial "foram garantidas todas as medidas de segurança, de proteção individual e dos recursos materiais envolvidos", indicando que estiveram envolvidos dois carros da polícia e seis agentes da autoridade e uma viatura do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), com dois tripulantes.

Recomendados para si

;
Campo obrigatório