Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 26º

Proteção Civil do Porto decreta "estado de prontidão máxima" no distrito

A Comissão Distrital de Proteção Civil do Porto decretou o "estado de prontidão máxima" no distrito e decidiu estabelecer um calendário de reuniões diárias "em articulação e supervisão técnica" da Administração Regional de Saúde do Norte.

Proteção Civil do Porto decreta "estado de prontidão máxima" no distrito
Notícias ao Minuto

06:30 - 14/03/20 por Lusa

País Covid-19

Em declarações à agência Lusa, após uma reunião na sexta-feira à noite, que durou cerca de três horas e decorreu no Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto, o presidente Comissão Distrital de Proteção Civil (CDPC), Marco Martins, indicou que a sessão serviu para "planear os vários cenários futuros", numa fase em que "a previsão é de aumento de casos nos próximos dias" relacionados com a Covid-19.

"O dispositivo vai funcionar, reportar e reunir diariamente. Caminharemos, ficou decidido hoje [sexta-feira], para uma vigilância muito mais apertada que poderá significar medidas progressivamente mais restritas. Está decretado o estado de prontidão máxima", disse Marco Martins.

A CDPC do Porto junta representantes de vários setores do distrito, nomeadamente autárquico, saúde e segurança, desde INEM, PSP, GNR a corpos de bombeiros, bem como Segurança Social.

Marco Martins, que é também presidente da Câmara de Gondomar, adiantou que na reunião marcou presença o presidente da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N), tendo este feito o retrato da doença que Organização Mundial de Saúde (OMS), que declarou na quarta-feira como pandemia.

O autarca descreveu, ainda, que a reunião serviu também para partilha de testemunho, através dos presidentes de Câmara locais, da situação vivida em Lousada e Felgueiras, concelhos onde os residentes nos concelhos foram aconselhados a evitar deslocações desnecessárias depois de identificados casos positivos com o novo coronavírus.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.300 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar a doença como pandemia.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou na sexta-feira o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (34), ao passar de 78 para 112, dos quais 107 estão internados.

No boletim epidemiológico assinala-se também que, desde o início da epidemia, a DGS registou 1.308 casos suspeitos (mais do dobro em relação a quinta-feira) e mantém 5.674 contactos em vigilância.

Na quinta-feira, o Governo anunciou que as escolas de todos os graus de ensino vão suspender todas as atividades letivas presenciais a partir de segunda-feira, devido ao surto de Covid-19.

Várias universidades e outras escolas já tinham decidido suspender as atividades letivas.

O Governo decidiu também declarar o estado de alerta em todo o país, colocando os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório